No próximo sábado (28), às 19h30, o Flamengo terá pela frente o Boavista, em sua estreia no Campeonato Carioca de 2017. Para apitar o jogo, a FFERJ escolheu o árbitro Leonardo Garcia Cavaleiro (CBF).

No ano passado, Leonardo foi alvo de muitas críticas após a atuação na partida entre Sport x Vitória, no Campeonato Brasileiro, quando expulsou dois atletas da equipe pernambucana. Ele também foi o quarto árbitro no polêmico Fla x Flu de 2016, na ocasião a arbitragem anulou um gol do Fluminense de forma correta, mas logo depois protagonizou uma verdadeira trapalhada, que levou a partida à ficar interrompida por vários minutos.

Com todos os problemas institucionais entre federação e Flamengo – incluindo contrato de transmissão e processos judiciais – a arbitragem é vista com muita preocupação tanto pelos torcedores quanto pelos dirigentes do clube.

Em jogos do Flamengo, é a quarta vez que Leonardo da Garcia Cavaleiro fica responsável pelo apito. No ano passado, além de outros dois confrontos entre o Mais Querido e o Boavista, ele também apitou o clássico entre Flamengo x Vasco, em São Januário.

O confronto entre Flamengo e Vasco, válido pela 4° rodada do Campeonato Carioca do ano passado, foi marcado por muitas confusões fora do campo. Já dentro das quatro linhas, o clássico foi pegado, só no primeiro tempo foram 19 faltas marcadas, em um jogo onde a bola rolou durante apenas 49% da partida. Naquela ocasião, Leonardo Garcia mostrou o cartão amarelo 5 vezes – está inclusive é a sua média de cartões por jogo, nas 16 partidas que apitou de 2016 à 2017.


Scout do juiz em jogos do Fla: vitórias: 1, empates: 1 e derrotas:1

Foto: Crédito-Úrsula-Nery-Agência-FERJ

O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.