Após jogar bem e quase sair com a vitória, o Flamengo acabou empatando com o Santos na Arena Pantanal e saiu frustrado de Cuiabá. Mancuello e Everton, que ficaram entre os destaques do confronto, comentaram sobre o resultado depois do jogo. Além disso, o meia e o presidente Eduardo Bandeira de Mello falaram da arbitragem, que novamente errou e prejudicou o Mais Querido.



Um dos destaques da equipe no segundo tempo, o argentino Mancuello comentou sobre o empate: “A gente precisava da vitória, pois estamos vindo de bons resultados. Equipe que quer ser campeã tem que pensar sempre em vitória. Criamos mais que o Santos durante toda a partida e temos que seguir assim“. “Agradecemos nossa torcida, o apoio foi impressionante. Temos que seguir trabalhando para conseguir nossos objetivos“, completou.

Everton também expressou sua opinião sobre o resultado, além de citar o erro de arbitragem do fim do jogo: “Acho que foi injusto pelo o que a nossa equipe criou. Tivemos inúmeras oportunidades. No final, houve um pênalti que ele não deu, mas o time está no caminho certo“.


Depois do apito final, o presidente Eduardo Bandeira de Mello, que estava na Arena, se revoltou com a arbitragem e fez duras críticas aos erros: “Foi um pênalti claro. Ainda teve um outro no Guerrero que também foi claro, todo mundo viu, a imprensa também confirmou. Agora é sempre essa mesma coisa. A gente já seria líder se não fossem os constantes erros de arbitragem, sempre contra nós. Se fosse erro, errariam contra todo mundo. Por que é sempre contra nós? Vamos reclamar, vamos fazer um DVD, vamos levar na CBF. Mas não vai adiantar nada. Em 17 rodadas, não adiantou. Por que vai adiantar agora? Hoje o que a gente viu foi uma vergonha. Mais uma vez o Flamengo prejudicado“.

O presidente rubro-negro citou exemplos de jogos em que o Fla foi prejudicado e reclamou muito dos constantes erros contra o clube: “O ideal seria que as arbitragens fossem imparciais, que os erros fossem uma coisa normal e não beneficiassem o mesmo grupo de clubes. O Flamengo, pelo visto, por essas coincidências da vida, não tem um erro de arbitragem a favor. O único erro a favor do Flamengo foi contra o Palmeiras, que não alterou o resultado da partida. O jogo já estava 2 a 1 e seria 3 a 1 para o Palmeiras. A arbitragem contra a Chapecoense foi uma vergonha, contra o São Paulo foi uma vergonha, contra o Corinthians foi lamentável, um escárnio. E até hoje esse árbitro (Héber Roberto Lopes) aí está apitando até hoje e o nosso jogador (Ederson) está machucado“.

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!