Moradora da Cruzada São Sebastião, Lorena queria ser jogadora de futebol mas seu destino é brilhar no polo aquático. “Agora só penso em ir adiante”, confessa a promissora atleta de 19 anos do Flamengo.

 

Tudo começou com a insistência do pai na prática de esportes. Lorena só queria saber de futebol, mas ele disse que ela só poderia jogar bola se fizesse natação também. “Eu era bastante nova, gostava mesmo de futebol, então meu pai falava que só jogaria se fizesse natação, mas eu não gostava de nadar de jeito nenhum”.


“Já fiz capoeira, judô, basquete, mas acabei na natação mesmo. O Flamengo viu que eu tinha talento e me passou para a equipe. Fui crescendo no esporte, mas tive problemas pessoais e decidi parar de nadar, mas meu pai insistiu que eu continuasse, disse que eu tinha talento, futuro. Continuei, mas chegou a um ponto que cansei”, disse a atleta.

Claudia, a primeira treinadora, investiu na menina e tentou de todo jeito fazê-la voltar a ir aos treinos, até que resolveu apresentá-la ao polo aquático. No entanto, inicialmente o encontro não deu muito certo: “Fiquei dois anos, viajei, mas como era muito nova não me enturmei, ai parei de novo”.

Com a persistência de um novo treinador e do pai, ela resolveu voltar: “Resolvi ficar, fui crescendo, peguei seleção, depois disso fiquei mais empolgada e agora estou treinando. Foi um salto muito rápido na minha vida e agora eu gosto de treinar, das meninas, de viajar. Foi bastante importante”.

IMG_7503Moradora da Cruzada de São Sebastião, localizada na zona sul do Rio de Janeiro, Lorena fala com orgulho do lugar que chegou hoje. Uma conquista recente de toda a comunidade foi a reforma da quadra onde é realizado o Basquete Cruzada, iniciativa que começou há 17 anos, se sustenta vendendo camisas e agora ganhou da NBA um enorme presente no último NBA Global Games.

Com o crescimento desse projeto, muitas outras modalidades como o judô, muay-thai, jiu-jitsu, handebol e futebol foram inseridas e a chance de ajudar cada dia mais crianças só cresce. A jogadora de polo garante que o local ainda pode revelar muitos talentos no esporte: “A Cruzada é um espaço onde temos crianças com bastante talento. Independente do que rola aqui dentro, acho que tem muita gente que pode chegar aonde eu cheguei”.

A atleta está em São Paulo com a Seleção Brasileira para realizar treinamentos. O fato de hoje poder representar o Brasil, ainda mais às vésperas de uma Olimpíada, motiva Lorena para continuar treinando: “A vontade de estar na seleção é muito grande. São treinamentos importantes, tenho que dar meu máximo, pois depois tenho um período de torneio internacional no Rio do dia 7 ao dia 18. Em breve tem o torneio Olga Picirolli em São Paulo e vou competir pelo Flamengo”, disse.

“Agora o polo aquático pra mim é vida. Não tem outra coisa que eu goste ou pense em fazer senão o polo”, declarou Lorena.


 
Seja apoiador do MRN. Saiba mais sobre nossa campanha em bit.ly/ApoiadorMRN

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!