Por Rafael Lisboa e Luiza Sá | Twitter: @rafinhalisboa e @luizasaribeiro

Rumo ao 11º título consecutivo, Orgulho da Nação enfrentará o Macaé na final.

 

Botafogo x Flamengo se enfrentaram no Tijuca Tênis Clube nessa segunda-feira (19) (Foto: Rafael Lisboa/ MRN Informação)

Botafogo x Flamengo se enfrentaram no Tijuca Tênis Clube (Foto: Rafael Lisboa/ MRN Informação)

Na noite desta segunda-feira (19), no encerramento da fase de classificação do Estadual de Basquete, o Flamengo voltou à quadra do Tijuca para encerrar a fase de classificação do Campeonato Carioca de Basquete. Já classificado para a final, o time que sábado enfrentou o Orlando Magic enfrentou um Botafogo que necessitava da vitória para ir à final. O Alvinegro veio com Bernardo, Gustavo, Max, Bahia e João. Já o técnico José Neto iniciou com Rafa Luz, Marcelinho, Jason Robinson, Mingau e JP Batista.



A partida começou com o Flamengo melhor, aproveitando a forte marcação para logo abrir 14 a 4 na metade do período inicial, forçando o pedido de tempo do treinador da equipe de General Severiano.

Após quase cinco minutos de paralisação, por conta de uma queda de luz, o jogo recomeçou com o Flamengo errando bastante. Entretanto, o Botafogo não conseguia aproveitar o nosso mau momento, pelo contrário, o Mengo conseguiu ampliar a vantagem. Primeiro quarto terminou em 22 a 10.

No segundo quarto foi o Botafogo que começou melhor e logo cortou a vantagem para 7 pontos, 22 a 15. Até a metade do período, o placar se manteve em 22 a 15 devido a muitos erros de ambos os lados. Buscando melhorar, José Neto parou o jogo. Após o pedido de tempo, a orientação funcionou e o Fla voltou a abrir larga vantagem, 28 a 19. E assim foi até o fim do quarto: 30 a 21, com o Botafogo vencendo o quarto por 11 a 8.

O terceiro quarto foi marcado por erros de arbitragem. Com as duas equipes nervosas foi o Botafogo que não conseguia acertar o cesto e o Flamengo abriu para 49 a 30 e foi para o último quarto vencendo por 60 a 34, incríveis 30 a 13 no quarto.

No último quarto, só restou ao Flamengo administrar a vantagem, e garantir a vaga invicto na final do Estadual. Flamengo 74 x 55 Botafogo.

Com a vitória diante do frágil Botafogo, o Mengão pode ser campeão estadual pela 43ª vez. A conquista se torna maior ainda por quebrar o recorde da geração comandada por Kanela, quando o time se tornou decacampeão ao vencer todos os torneios entre 1951 e 1960. Com uma esperada vitória diante do Macaé, Marcelinho Machado e cia. serão responsáveis por popularizarem outro termo no vasto e vitorioso vocabulário rubro-negro: “Hendecampeão!”. Gravou?

Saudações Rubro-Negras!

Comente no Twitter (@MRN_CRF) ou na fanpage do MRN no Facebook (clique aqui). Sua opinião faz toda diferença!



Rafael Lisboa e Luiza Sá fazem parte da equipe MRN Informação.

 

 

LEIA AS ÚLTIMAS DO MUNDO RUBRO NEGRO

Declaração de incompetência

Adeus Libertadores?

Concurso Cultural “Flamengo: 120 anos e A Sua Grande História” já está aberto!

O Flamengo irrita

O Anti-Flamengo

Somos todos babacas, Flamengo.

Atuações: Noite de lambança, time sem identidade; notas de Figueirense 3×0 Flamengo

Concurso Cultural inaugura temporada de comemorações pelos 120 anos do Mengão no MRN

Figueirense 3 x 0 Flamengo: A verdade é que faltou tudo

Estadual 2016: O Retorno dos Absurdos

Cobrança necessária: O Flamengo precisa resgatar sua tradição disciplinadora

 

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!