Forte na defesa, Fla vence a primeira na Liga das Américas 2016

Forte na defesa, Fla vence a primeira na Liga das Américas 2016

Importantíssimo na defesa, Rafa Mineiro ajudou o rubro-negro a conseguir a primeira vitória na Liga das Américas (Foto: Bruno Lorenzo/ Divulgação)

A busca pelo bicampeonato da Liga das Américas começou nessa sexta-feira (29) na Cidade do Panamá. O FlaBasquete enfrentou o Gimnasia Indalo (ARG) pela primeira rodada da competição, no encontro dos líderes de suas respectivas ligas nacionais. Para a estreia, o técnico José Neto mandou a quadra o seguinte time: Rafael Luz, Marquinhos, Jason Robinson, Olivinha e Jerome Meyinsse. Já Gonzalo Garcia, ex-técnico do Fla, mandou a quadra o seguinte quinteto do Gimnasia: Nicolás de Los Santos, Federico Aguerre, Leonardo Mainoldi, Leonel Schattmann e Samuel Clancy Jr.


A partida começou equilibrada, com Marquinhos chamando a responsabilidade e anotando os primeiros pontos da equipe rubro-negra, mas com ótima movimentação o Gimnasia abriu 8 a 3 no início, mas com duas defesas praticamente perfeitas, o FlaBasquete virou para 11 a 8, com 4 pontos seguidos do Marquinhos, que foi para sete pontos dos 11 da equipe. Após isso, as duas equipes ficaram quase dois minutos sem pontuar, até Sandes anotar uma bela bola de três e virar a partida, 15 a 13. No fim do quarto, a segunda unidade da equipe entrou completa e os comandados de Neto viraram e terminaram o quarto com a maior vantagem da partida, graças às bolas de três de Marcelinho e Rafael Mineiro, 21 a 15. Os destaques do quarto foram Marquinhos (FLA) com 7 pontos, Meyinsse (FLA) com 3 rebotes e Mainoldi (GIM) com 7 pontos.

O rubro-negro iniciou o quarto com a segunda unidade que manteve o ritmo forte e com uma corrida de 6 a 1, abriu dez pontos no início do quarto, 26 a 16, forçando o tempo de Gonzalo Garcia. Após o tempo, os erros voltaram e a equipe argentina, indo duas vezes à linha de lance livre, e trouxe a vantagem para seis pontos, 26 a 20, forçando a volta de três titulares à quadra. Depois, Mineiro respondeu com uma bola de três, forçando outro tempo de Gonzalo, 29 a 20. Após o tempo, a vantagem se manteve em nove, muito pelos pontos conquistados na linha de lance livre por parte das duas equipes, mas após dois erros seguidos do Fla, Nicolas de Los Santos cortou a vantagem para sete pontos e Neto parou a partida, 33 a 26. Após o tempo, o Orgulho da Nação errou no ataque e permitiu que a vantagem caísse para cinco pontos, 33 a 28, forçando outro tempo de Neto para organizar a última jogada do primeiro tempo. Após o segundo tempo do treinador rubro-negro, Marquinhos tentou de três mas foi no rebote que Rafa Luz, com um tapinha, deu números finais ao quarto, 35 a 28 (Fla 14 a 13). O destaque do quarto foi Clancy (GIM) com 4 rebotes.


Na volta do intervalo, Meyinsse anotou os quatro primeiros pontos da equipe, que aproveitou duas faltas técnicas da equipe argentina para abrir novamente dez pontos, 43 a 33, mas uma corrida de 8 a 0 do Gimnasia, no pior momento do Flamengo na partida, cortou a diferença para apenas dois pontos, 43 a 41, forçando o tempo de José Neto. Após o tempo, a equipe argentina continuou melhor, aproveitou ainda mais os erros do rubro-negro e foi para o último quarto vencendo por seis pontos, 55 a 49 (Gimnasia 27 a 14 no quarto).

O Orgulho da Nação voltou diferente para o último quarto, e com uma defesa melhor e mais forte, principalmente pela ajuda de JP Batista, cortou a desvantagem para três pontos, 56 a 53, forçando tempo de Gonzalo. Após o tempo, se o Flamengo errava por afobação, o Gimnasia errava pela marcação perfeita do Flamengo e a equipe rubro-negra virou a partida, 60 a 58, forçando tempo de Gonzalo. Após o tempo, o FlaBasquete seguiu perfeito na marcação e com isso venceu a partida por 66 a 58 (Fla com incríveis 17 a 3 no período).

O próximo compromisso do Orgulho da Nação é amanhã (30) às 21h15, contra o Aguilas de Tunja (COL) na Cidade do Panamá. A partida terá transmissão do Sportv 3 e tempo real do @MRN_CRF .

Destaques do Flamengo:

Pontos: Marquinhos com 12 pontos

Rebotes: Meyinsse com 4 rebotes

Assistências: Jason Robinson e Marcelinho Machado com 2 assistências cada

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!

About The Author