Nessa segunda-feira (02) teve início o Novo Basquete Brasil em sua oitava temporada, com a reedição da última final, entre Bauru e Flamengo no Ginásio Panela de Pressão em Bauru. Pelo lado de Bauru, o novo técnico Demétrius mandou a quadra o seguinte quinteto: Ricardo Fischer, Alex Garcia, Robert Day, Jefferson e Rafael Hettsheimer. Já pelo lado do Flamengo, o técnico José Neto mandou a quadra o seguinte time: Rafael Luz, Marquinhos, Olivinha, Jason Robinson e Jerome Meyinsse.



O primeiro quarto começou com Meyinsse convertendo os dois primeiros pontos do Novo Basquete Brasil 8. Marcando com intensidade, o rubro-negro abriu 7 a 4 logo no início, mas logo a principal caracterísica de Bauru, as bolas de três, começaram a fluir e a equipe da casa abriu 12 a 7. Com grande período do ala Marquinhos, que anotou 9 pontos e foi o cestinha do quarto, os comandados de José Neto reagiram, sem Olivinha que saiu sentindo o tornozelo direito logo no início, e retomaram a dianteira no placar e terminaram o quarto vencendo por 21 a 19.

No segundo quarto, o Mengo contou com Gegê e JP Batista iniciando o período, mas o jogo recomeçou ruim, com apenas 6 pontos totais (Bauru 4 a 2) nos primeiros quatro minutos de período, e o jogo empatado em 23, até a equipe bauruense conseguir cinco pontos seguidos e abrir 28 a 23, fazendo com que o Neto parasse o jogo. Após o pedido de tempo, o Flamengo conseguiu encostar com grande ajuda de Rafael Mineiro e JP Batista, cortando a vantagem para um ponto, 33 a 32, forçando o técnico Demétrius a parar o jogo faltando dois minutos para o intervalo. Após o tempo de Bauru, JP Batista colocou o Flamengo na frente após grande assistência de Marquinhos, 34 a 33. Mas no fim, após uma bela enterrada de Wesley Cena a equipe de Bauru venceu o quarto por 17 a 13, e foi para o intervalo vencendo por 36 a 34.

Na volta do intervalo, a equipe mandante voltou melhor e o com duas bolas de três, abriu 44 a 36, a equipe rubro-negra tentou reagir, mas com uma defesa ruim, permitiu que a equipe bauruense abriu 9 pontos, 48 a 39, forçando o Neto a parar o jogo. Após o tempo, o Flamengo reagiu e cortou a vantagem para 6 pontos, 49 a 43. No fim do quarto, a equipe paulista alcançou a sua maior vantagem na partida, 61 a 47, mas com uma bola de três no estouro de Rafael Mineiro, o Flamengo foi para o último quarto perdendo por 62 a 51, Bauru 26 a 17 no quarto.

No último quarto, Marquinhos tentou comandar a reação do rubro-negro, mas a boa defesa de Bauru, fez com que a equipe paulista voltasse a abrir 14, 68 a 54. Com 5 pontos seguidos da dupla norte-americana Robinson e Meyinsse, o Mengão cortou a vantagem para 9 pontos, 70 a 61, forçando o Demétrius a parar o jogo. Após o tempo, o Flamengo continuou melhor e diminuiu para 70 a 67, após grande jogadas de Meyinsse e Marquinhos. Faltando menos de 10 segundos a vantagem foi para 4 pontos, 77 a 73, e assim acabou a partida. Partida digna de abertura do NBB 8.

O Flamengo volta a quadra no dia 05/11 no histórico Ginásio Pedrocão em Franca. Flamengo x Franca às 20h

Destaques:

Flamengo:

Pontos: Marquinhos com 17 pontos

Assistências: Marquinhos com 8 assistências

Rebotes: Marquinhos com 7 rebotes

Bauru:

Pontos: Ricardo Fischer com 18 pontos

Assistências: Alex Garcia com 7 assistências


Rebotes: Jefferson com 8 rebotes

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!