Select Page

O melhor grupo da Liga das Américas


Por Gustavo Duarte - FlaTrip - Twitter: @gunevesduarte

E aí galera!

 

O Orgulho da Nação começa a disputar hoje a primeira fase da Liga das Américas, competição em que somos os atuais campeões, o que permitiu que enfrentássemos (e vencêssemos) os campeões europeus do Maccabi Tel-Aviv e nos tornássemos campeões mundiais da bola laranja. O grupo com Malvin (URU), Pioneros (MEX) e Leones (CHI) não é um grupo fácil, mas em comparação aos demais grupos, com sedes em Boyacá (COL), Corrientes (ARG) e São José dos Campos (BRA), o Flamengo deu muita sorte e pegou talvez a mais paradisíaca sede do torneio: Cancun, a terra do Pioneros de Quintana Roo.

Cancun é isso! - Foto: Blog Check-In

Cancun é isso! – Foto: Blog Check-In

Sou suspeito pra fala de Cancun – acho que foi até hoje a melhor viagem da minha vida. Cancun, de fato, é um dos principais destinos turísticos do planeta. A cidade foi praticamente projetada para o turismo: a cidade propriamente dita fica no continente, enquanto a chamada Zona Hotelera, onde ficam a maioria dos hotéis e resorts (e o agito), fica em uma península (a de Yucatán), com mais de 20km de praias com aquela areia fininha e branquinha e água azul-turquesa característica do Caribe. Nessa Zona, tudo funciona perfeitamente pro turismo: transporte bom e barato (o ônibus custa US$1), lojas de conveniência, shoppings, bares e restaurantes, enfim, tudo que o viajante precisa está na mesma avenida: a Kulkucán Boulevard.

Apesar do potencial turístico das suas praias, quem viaja pra Cancun tem uma infinidade de coisas pra se fazer. Os parques temáticos naturais Xcaret, Xel-Há e Xplor são muito procurados, cada um com sua característica. Se um passeio mais cultural te agrada, uma visita obrigatória seria para o Chichén-Itzá, um parque arqueológico a duas horas de Cancun, onde está situada a espetacular Pirâmide de Kulkucán. Não é à toa que Chichén-Itzá é considerado, juntamente com o Cristo Redentor e mais cinco destinos mundo afora, uma das Novas Sete Maravilhas do Mundo. Como perder isso?

Chichén-Itzá - Foto: Blog Check-In

Chichén-Itzá – Foto: Blog Check-In

Já um pouco mais afastados de Cancun, destaco três destinos maravilhosos. Isla Mujeres, uma ilha a apenas 7km de distância da costa, onde parques naturais como Dolphin Discovery e o Parque Garrafón oferecem uma série de atividades, incluindo a muito procurada interação com golfinhos. Cozumel é uma outra ilha, essa a 60km ao sul de Cancun. Ela abriga uma pequena vila, com uma série de lojinhas e restaurantes, mas o principal atrativo da ilha, sem dúvida nenhuma, é o mergulho com cilindro. Cozumel possui a segunda maior barreira de corais do planeta, atrás apenas da Great Barrier Reef, na Austrália. É um absurdo, só indo lá e vendo. Para chegar em Cozumel, barcos saem tanto de Cancun quanto de Playa del Carmen, uma cidadezinha muito legal próxima de Cancun. Particularmente me lembrou muito Búzios, no Rio de Janeiro: gente jovem, praia, agito. É uma opção de hospedagem pra quem não pode ou não quer arcar com um resort mais caro na Zona Hotelera de Cancun.

Cozumel

Cozumel – Foto: Blog Check-In

Na véspera da estreia nessa fase, contra o Malvin, nosso pivô e figuraça Jerome Meyinsse já havia postado essa foto em seu Twitter (@y2jerome) (recomendo ver o Instagram dele também, hilário), curtindo uns nachos com guacamole, típico do México. A placa ao fundo, com os dizeres “Run Forrest Run” entrega onde ele estava: no Bubba Gump, rede de restaurantes de frutos do mar que tem filiais nos EUA e que é baseada no filme Forrest Gump. O restaurante segue o padrão dos demais grandes bares de Cancun, como o Señor Frogs e o Margaritaville: é uma zoeira total, com garçons e garçonetes dançando com clientes, clima animado e vários drinks maneiríssimos.


Meyinsse em Cancun

Olha a figura! – Foto: Instagram

Claro que a viagem do nosso timaço de basquete foi a trabalho, mas uma possível classificação poderia ser comemorada na talvez a boate mais louca do planeta: o famoso Cocobongo (sim, inspirada naquela boate do filme O Máskara). É difícil explicar o que rola numa noite por lá. O que começa com uma boate agitada se transforma em vários shows de covers de artistas famosos, muita chuva de papel picado, personagens de filmes famosos figurando no meio da galera… Pra vocês terem noção, eu vi um anão fantasiado de Beetlejuice fazendo tirolesa dentro da boate.

É bem essa festa! - Foto: Cocobongo

É bem essa festa! – Foto: Cocobongo

Cancun é um destino que, sem medo, eu posso recomendar pra qualquer pessoa: atende praticamente todos os tipos de viajantes. Ir pra lá tem ficado mais fácil pros brasileiros: além da companhia panamenha Copa Airlines e a mexicana Aero México, a TAM e a GOL passaram a ter voos diretos pra lá. O destino se tornou tão popular por aqui que as principais agências vendem pacotes pra lá, sem erro. É impossível descrever tudo que vimos por lá em somente um post aqui no FlaTrip, mas escrevi um bocado sobre esse paraíso mexicano no Blog Check-In, fica a dica AQUI.

Curtiram o post? O FlaBasquete se deu bem viajando pra um lugar tão bonito e tão cheio de coisas pra fazer, mas as atividades vão ficar só pras férias: temos uma taça importante pra conquistar e eu acredito muito numa volta por cima desse time. E vocês?

Saudações Rubro-Negras!

About The Author

ANÚNCIO

PRINCIPAIS POSTS

ANÚNCIO

TV MRN

Loading...

Assine nossa Newsletter

ANÚNCIO

Ajude o Mengão!

Banner_300X300

ANÚNCIO

Siga-nos no Twitter

%d blogueiros gostam disto: