CW3kZYlWAAIhqyn

Rafa Luz teve atuação regular mas acerou bola de 3 importante! Foto: NBB

Na noite quente de terça-feira (22) Flamengo (3ª) e Mogi das Cruzes (4ª) se enfrentaram pela 14ª rodada do Novo Basquete Brasil 8, a última do ano de 2015, no ginásio do Tijuca Tênis Clube. O Flamengo buscava assumir a segunda posição e para isso precisava da vitória na partida contra o Mogi e de uma derrota de Bauru contra a Liga Sorocabana.

Já Mogi buscava se manter entre os quatro primeiros e para isso necessitava da vitória fora de casa para passar a virada de ano no G-4. Para a partida José Neto mandou a quadra o seguinte quinteto: Rafael Luz, Marquinhos, Jason Robinson, Olivinha e Meyinsse. Danilo Korber, técnico mogiense, mandou a quadra o seguinte quinteto: Larry Taylor, Filipin, Shamell, Wagner e Tyrone.

O primeiro quarto foi o mais fraco tecnicamente. A equipe paulista começou forçando uma marcação agressiva ‘2-3’ o que dificultou bastante o jogo interno, possibilitando que a equipe abrisse 5 a 0 rapidamente, mas o Orgulho da Nação reagiu rapidamente e também fez uma corrida de 9 a 0 virando a partida para 9 a 5. A partir disso, a partida foi repleta de erros, incluindo arremessos fáceis por parte das duas equipes, o que possibilitou uma reação de Mogi cortando a vantagem no fim do quarto para 18 a 17. O destaque do quarto foi Jerome Meyinsse (FLA) com 3 rebotes.

 

 

O segundo quarto iniciou com uma bola de três de Marcelinho, a primeira dele na partida, recolocando a vantagem em quatro pontos. Quando Mogi colocou novamente a vantagem em um ponto, 21 a 20, a arbitragem paralisou a partida para um tempo técnico devido ao forte calor na noite carioca. Após o tempo, a equipe de Mogi chegou a passar a frente no placar por duas vezes, mas uma corrida de 5 a 0 em dois contra-ataques colocou o FlaBasquete na frente e forçou o tempo de Korber, 30 a 27. Após o tempo, a equipe de José Neto melhorou ainda mais a marcação e o rubro-negro abriu oito pontos de frente, 37 a 29. No fim do quarto, o Mogi cortou um pouco a vantagem mas Rafa Luz deu números finais ao primeiro tempo, Flamengo 40 x 34 Mogi (22 a 17 no quarto).

Os destaques do quarto foram Marcelinho (FLA) com 9 pontos, Marquinhos (FLA) com incríveis 7 assistências e 3 rebotes, Larry (MOGI) com 3 assistências e Tyrone (MOGI) com 3 rebotes. O terceiro quarto iniciou da mesma maneira que o primeiro, com muitos erros, até que Rafa Luz anotou os dois primeiros pontos do quarto, 42 a 34. Mas rapidamente a equipe de Mogi comandada por Larry Taylor trouxe o placar para 44 a 42. Até que Rafa Luz e Marcelinho resolveram aparecer na partida, com 5 pontos de cada no quarto o rubro-negro voltou a abrir uma boa vantagem, 60 a 50, forçando mais um tempo de Danilo Korber. Após o tempo, ainda deu para uma bola de três de Shamell dando ponto final ao quarto, Fla 60 a 53 ( 20 a 19 no quarto). Os destaques do quarto foram Rafa Luz e Meyinsse (FLA) com 3 rebotes cada e Shamell (MOGI) com 7 pontos.  
 



 
No último quarto, a vantagem de sete pontos se manteve até que Mogi emplacou uma corrida de 6 a 0 e trouxe a diferença para apenas dois pontos, 63 a 61, forçando o pedido de tempo de José Neto. Após o tempo a partida ficou completamente alucinante com a equipe mogiense virando a partida em erros defensivos, mas logo na sequência três jogadas de três pontos do rubro-negro colocaram a vantagem em 71 a 65, mas Mogi não desgarrou e virou novamente a partida, 75 a 73 forçando tempo de Neto. Os últimos três minutos de partida foram de matar qualquer torcedor do coração, com tudo que o basquete pode proporcionar: Emoção, vibração de um lado e lamento do outro. Na volta do tempo, Rafa Luz acertou uma bola de três fundamental para recolocar a equipe carioca na frente, 76 a 75. Faltando 7.3 segundos, a vantagem caiu para dois pontos novamente, forçando um último tempo de Korber, 79 a 77. Na última jogada, Shamell errou o arremesso de três e o Orgulho da Nação venceu a décima partida, assumindo a segunda colocação. Que fim de 2015 de tirar o fôlego

O próximo compromisso do Orgulho da Nação é só em 2016. No dia 08/01 às o Fla recebe o Macaé no Hélio Maurício pela última rodada do primeiro turno.

 

 

Destaques:

Flamengo:

Pontos: Marcelinho com 18 pontos

Assistências: Marquinhos com 8 assistências

Rebotes: Meyinsse com 11 rebotes

Mogi das Cruzes:

Pontos: Larry Taylor com 15 pontos

Assistências: Larry com 5 assistências

Rebotes: Tyrone com 7 rebotes

 

 

CW3dSgkWkAETl3z