NBB_Flamengo_x_SaoJose-4837-700x467

(Foto: Bruno Lorenzo/LNB)

O último jogo do ano foi sofrido para o FlaBasquete. Em uma partida decidida nos detalhes, o Fla bateu Mogi por 79 a 77 e encerrou 2015 com vitória. Após o jogo, o armador Rafa Luz falou com o Mundo Rubro Negro e comentou sua adaptação ao basquete brasileiro, além das expectativas para 2016. “Agora não tem mais desculpa, é ganhar o que tem pela frente e ser campeão de tudo”, disse.

O atleta marcou 12 pontos, deu 3 assistências e teve o melhor aproveitamento da equipe com 85.7% (12/14). Luz analisou o confronto: “A gente teve altos e baixos, o time deles é um time que você não pode bobear nenhum minuto. Eles têm uma qualidade ofensiva muito importante, usam muito o rebote de ataque. Nesses momentos que a gente cochilou eles empataram o jogo. Tivemos que rezar pra última bola sair, mas o importante foi o trabalho que fizemos para voltar pro jogo. Faltando dois minutos eles passaram na frente, a gente conseguiu manter a cabeça no lugar para conseguir ganhar”, concluiu.

Após passar oito anos na Espanha, a primeira temporada do armador no basquete brasileiro tem sido de muitas mudanças. “É muito novo pra mim, muita coisa nova, o ritmo de vida é muito diferente, mas estou me acostumando muito bem, achei que seria muito mais difícil. Meus companheiros estão me ajudando bastante, é uma cidade grande”, comentou.

“O basquete também é muito diferente, estava acostumado com um tipo mais controlado, muito diferente, mas acho que a cada semana que passa, a cada jogo eu vou entendendo melhor a maneira de jogar e isso vai dando resultado”, completou o jogador de 23 anos.

A defesa tem sido um ponto muito importante do desempenho rubro-negro até o momento e Rafa também comentou sobre isso. “É um quesito que o Neto coloca muita ênfase nos treinamentos. Se conseguirmos defender e ser uma das melhores defesas do campeonato, vamos ser campeões. E nós estamos acreditando, estamos abraçando a ideia do Neto de tentar deixar os times abaixo de 75 pontos”.CW3kZYlWAAIhqyn


2016 será o ano decisivo para essa equipe que ainda vem se adaptando graças ao grande número de reforços. Recém-chegado, ele fala sobre sua expectativa para a Liga das Américas e a reta final do NBB: “Agora começa a parte boa do campeonato. Já vamos definindo posições, já vem aquele gostinho de finais, playoffs, temos a Liga das Américas também. Agora é o momento de estarmos mais fortes e passar por cima de tudo que vier pela frente, com certeza”.

Por fim, não tem como falar do ano que está chegando sem lembrar das Olimpíadas do Rio de Janeiro. Rafa Luz torce por uma chance na Seleção e – como temos visto nos jogos – vem se empenhando muito para conquistar seu espaço: “Quero estar lá para treinar pelo menos, depois já é muito difícil. Tem que treinar bem e depois ser convocado. Então, fazendo bem aqui no Flamengo, espero essa convocação, que tenho muita vontade”.

“O Flamengo é o maior clube que tem no Brasil, com certeza a visibilidade é muito grande. Então fazer uma boa temporada aqui significa, com certeza, estar pelo menos entre os jogadores que vão treinar e tentar ficar entre os 12 nas Olimpíadas”, completou.

O Orgulho da Nação só volta às quadras no dia 08 de janeiro, em casa, contra o Macaé Basquete.