(Foto: Brito Júnior/Divulgação)

(Foto: Brito Júnior/Divulgação)

Nesta quinta-feira (17), as duas únicas equipes que venceram uma edição do NBB se enfrentarão mais uma vez em um dos maiores clássicos do país. O Flamengo ultrapassou o Brasília em número de títulos após levar o troféu da última edição e busca continuar sem perder para os rivais na competição, o que já acontece há duas temporadas. O confronto acontece no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília (DF), às 21h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo do SporTV e tempo real no twitter do MRN.

Ao longo da história, as duas equipes se enfrentaram 24 vezes. Foram 13 vitórias rubro-negras contra 11 do Brasília. Inclusive, 10 desses 24 jogos foram válidos pela final do NBB.Primeiro, na temporada de abertura da competição – em 2008/2009 – onde o FlaBasquete levou melhor. No ano seguinte, os candangos saíram com o título.

As duas equipes já se enfrentaram neste ano em dois amistosos enquanto o Orgulho da Nação se preparava para o NBA Global Games. O primeiro foi melhor para o time da capital, que venceu por 73 a 71. Já no segundo, o time da Gávea conseguiu ter mais qualidade e levou por 93 a 88.

O Brasília tem o melhor ataque da competição até aqui, somando 91,1 pontos de média por jogo. Mas do outro lado, o Flamengo é dono da melhor defesa do NBB 8 e tem média de apenas 69,2 pontos cedidos por jogo. A equipe brasiliense chega embalada pela conquista da Liga Sul-Americana e uma vitória no tempo extra sobre o Macaé Basquete. Isso pode ser uma vantagem se o Fla souber tirar proveito do cansaço do adversário.

Os dois times têm o mesmo número de derrotas (3), mas estão em posições distintas – Brasília em sexto e Flamengo em terceiro. Isso porque os rubro-negros têm três jogos a mais, somandoum aproveitamento de 70%, enquanto os adversários ficam com 57,1%.


Ficha técnica:

UniCEUB/Cartão BRB/Brasília x Flamengo

Local: Ginásio Nilson Nelson (DF)

Horário: 21h (horário de Brasília)

Transmissão: Sportv e tempo real no Twitter do MRN

Prováveis escalações:

Brasília: Fúlvio, Arthur, Pilar, Giovannoni e Ronald. Técnico: José Vidal

Flamengo: Rafael Luz, Marquinhos, Jason Robinson, Rafael Mineiro e Meyinse. Técnico: José Neto