Com a ilustre presença de ex-jogadores que fizeram história no clube, o Flamengo lançou a camisa “Ídolos Eternos”, na noite desta terça-feira (16), no Salão Nobre da Gávea. Zico, Leandro, Marinho, Júnior, Andrade, Adílio, Tita, Nunes, Lico, Fernandinho, Rondinelli, Ronaldo Angelim, Vitor, Evaristo de Macedo, Silva Batuta e Julio Cesar Uri Geller, estavam entre os homenageados. Os ídolos esbanjaram simpatia, distribuindo autógrafos e pousando para fotos, em uma noite inesquecível para centenas de torcedores.

A camisa custa R$ 149,90, e toda arrecadação será destinada ao Patrimônio Histórico do clube para a compra de software para a catalogação do acervo centenário, compra de computadores, restauração dos troféus dos Brasileiros de 1980, 82, 83 e 92 e restauração da Taça da Libertadores (1981). A peça pode ser encontrada exclusivamente na bilheteria do Fla Memória, na Gávea.

Um dos idealizadores da ação, o ex-ponta-esquerda Júlio César Uri Geller, falou sobre o evento. “Eu, o Adílio e o Sandro Rilho criamos essa camisa com assinaturas de 28 ídolos. Eu fui o designer (risos), mas todos deram opinião e acho que já vendemos mais de 1.500 camisas. A ação é para nós restaurarmos os troféus do Flamengo, que são muitos. Finalmente agora conseguimos reunir o maior número de campeões possível. Alguns não vieram porque tinham outros compromissos, mas todos foram muito solícitos em ajudar o clube”, disse.

Uri Geller também comentou a respeito da reaproximação dos ídolos com o clube. “Com o meu trabalho e o do Adílio, eles (diretoria) entenderam que o time Ídolos Eternos tem que estar dentro do clube. Estamos fazendo várias ações com o Sandro Rilho, que é quem organiza isso tudo. O FlaMaster é bacana porque está trazendo os torcedores de volta para a Gávea. Estamos fazendo futebol com sócios-torcedores, futebol com as mulheres nas noites de sexta-feira e mais coisas estão vindo por aí”, adiantou Uri Geller.

Do alto de seus 83 anos, o lúcido ex-jogador e treinador Evaristo de Macedo, comemorou a oportunidade de reencontrar os velhos amigos. “A história conta a trajetória do clube. Nós ficamos muito felizes de sermos lembrados e, depois de alguns anos, afastados, nos reencontrarmos. Isso que é muito importante”, celebrou.


O vice presidente geral do Flamengo, Maurício Gomes de Mattos, deu início às atividades. O dirigente agradeceu a presença de cada um dos ídolos e apresentou oficialmente a camisa à imprensa. Maurício classificou o lançamento da peça como histórico. “Essa camisa representa muito para o patrimônio histórico do clube. Não se tem presente sem passado. Homenagear esses craques é resgatar a nossa história”, declarou.

Entrada principal do clube, Av Borges de Medeiros, 997 Foto: Bruno Vasconcellos[/caption]

 

Trajados com a nova camisa – ingresso para se ter acesso aos ex-jogadores -, os torcedores desde o início da tarde se aglomeravam nas escadas da sede social da Gávea. A fila chegou a dobrar a esquina da rua Borges de Medeiros com a Gilberto Cardoso. Devido ao atraso para o início da cerimônia, alguns torcedores deixaram o clube sem nem conseguir ver os ídolos. Os que persistiram, viveram momentos emocionantes ao lados dos craques, como é o caso de Rafael Pimentel (25).

“Me emocionei com a oportunidade de conhecer os ídolos do Flamengo. Muitos deles só vi jogar por vídeos regravados, mas não muda nada a emoção em saber que eles fizeram a história do meu clube. Cheguei às 16h e saí às 22h. Enfim… Lógico que a emoção de conhecer os grandes jogadores faz valer a pena, inclusive, o Zico gravou um vídeo para o meu filho quando contei que hoje era o aniversário de 1 ano dele, e mesmo assim eu vim ver os meus ídolos”, contou o emocionado Rafael.
 

O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.