O camisa 10, que participou do gol de empate, mostrou disposição em seu primeiro jogo no ano e foi fundamental para a reação do Flamengo na partida. Satisfeito com a atuação, Ederson falou sobre a sua volta após meses em tratamento: “Foi muito bom. Muito feliz de ter essa oportunidade de voltar após meses difíceis pra mim”.

O meia também falou sobre a felicidade de poder ajudar a equipe, elogiou o clube pelo suporte no período de recuperação e reconheceu a falta de ritmo, garantindo melhora a cada jogo:

“Estou muito feliz de ter voltado. A gente sai feliz, porque é importante fechar a primeira fase do Carioca com vitória. Agradeço ao departamento médico e a todo mundo do Flamengo que fez e vem fazendo esse trabalho comigo. Um bom retorno, com vitória. É o mais importante. Me senti bem. Falta ritmo, aquela força nas pernas, mas isso vem com os jogos.”

Também estreando como titular em 2016, Thiago Santos, que é prata da casa, foi muito bem e marcou um belo gol. O atacante vem treinando bem e justificou a chance dada por Muricy:

“Venho me dedicando bastante nos treinamentos. Tive uma ótima semana e consegui marcar hoje. Feliz pela atuação e pelo meu desempenho, mas o mais importante é o resultado positivo.”

Em seu primeiro jogo oficial como titular, Alex Muralha exaltou o conjunto:

“O mais importante é a vitória, os três pontos. A gente soube aproveitar a oportunidade que o Muricy nos deu. Todos de parabéns.”

Foto: Matheus Soares/MRN

Foto: Matheus Soares/MRN

E também mostrou humildade ao falar sobre a disputa no gol Rubro-Negro:

“Não só o Paulo Victor. Tem os dois meninos, que são bons goleiros. Agora é descansar e trabalhar.”

Na coletiva, Muricy falou sobre a volta de Ederson ao time:

“O Ederson foi até onde deu para aguentar. Falta jogo a ele. Está distante do que é porque hoje jogou num campo maior e vem treinando em campo reduzido. Hoje ele atuou no tempo de jogo programado.”

O técnico negou qualquer possibilidade de descanso aos titulares:

“Os demais jogadores ficaram no Rio para treinar porque vai começar uma sequência forte de partidas. Treinaram hoje.”

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Ainda sobre as novidades do jogo de hoje, como Muralha e Thiago Santos, o técnico Muricy Ramalho comentou:

” (Muralha) Foi nas bolas e bem no pênalti, mas também precisa jogar mais. A parceria dele com o Paulo Victor é importante, um vai puxando o outro.”

“Contra o Boavista não entrou bem. Ele (Thiago Santos) tem que saber que não sabe armar o jogo, é um velocista. Querer buscar o jogo não dá certo. Pouco a pouco está aproveitando”.

O Flamengo volta a campo na quarta-feira (09) contra o Figueirense, às 19h30min, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Jogo válido pela Primeira Liga.