Depois de dez jogos sem perder, Flamengo é derrotado no Beira-Rio

Não deu para o Flamengo no Beira-Rio. Diante no Internacional na tarde deste domingo (16), o rubro-negro abriu o placar com Réver já na segunda etapa, aos 11 minutos. Entretanto, o Inter conseguiu reagir, foi superior ao Mais Querido e levou os três pontos da partida.

Após a vitória diante do Fluminense no meio da semana, o Flamengo voltou a campo sabendo que era importante continuar vencendo. Entretanto, o Mais Querido sofreu com muitos erros de ataque no primeiro tempo e, mesmo saindo na frente na segunda etapa, deixou o Internacional conquistar a virada e perdeu o primeiro jogo depois de dez partidas de invencibilidade.

Com o resultado, o Flamengo continua com 60 pontos, quatro a menos do que o Palmeiras, líder do Campeonato Brasileiro. Na próxima rodada, o Mais Querido recebe o Corinthians em confronto que marca sua primeira partida no Maracanã em 2016 e a volta ao Rio de Janeiro depois de quase onze meses.

O jogo

Durante a primeira etapa, as duas equipes fizeram um jogo bem disputado, mas não conseguiram acertar as tentativas de gol. Se no início o confronto foi equilibrado, depois de alguns minutos o Flamengo começou a dominar as ações e buscava o tempo todo a criação de jogadas. Com a defesa bem fechada e tentando sair em velocidade com Vitinho, o Internacional soube neutralizar os principais jogadores do Mais Querido e não deixou espaços.


O que mais chamou atenção no primeiro tempo foram as faltas duras, que originaram muitas reclamações e cartões amarelos. Diego, principal jogador do meio de campo, foi um dos que mais sofreu com as fortes entradas dos colorados. Mesmo tentando bastante, o Flamengo errou muitos passes, não encaixou seu jogo e não conseguiu tirar o zero do placar.

Já no segundo tempo, os dois times saíram para o ataque e começaram a mostrar que queriam a vitória. O Internacional vivia um momento melhor, mas foi o Flamengo que saiu na frente. Aos 11 minutos, após cobrança de falta de Diego pelo lado esquerdo, Réver subiu e cabeceou, tirando totalmente o goleiro Danilo Fernandes do lance.

Porém, após marcar o primeiro, o Flamengo acabou parando no jogo e não conseguiu mais reagir, sendo dominado pelas tentativas do Inter. Mesmo com boa atuação de Alex Muralha e Réver, o Mais Querido sofreu e, aos 20 minutos, levou o primeiro golpe. Após levantamento na área, Rodrigo Dourado desviou e a bola sobrou para Eduardo Sasha, que não vacilou, bateu cruzado e igualou o marcador no Beira-Rio.

Depois do empate, o Internacional buscou ainda mais o gol do Mais Querido, que sofreu bastante com passes errados e um dia ruim de seus homens do meio de campo. Sofrendo bastante pressão, o Fla começou a se defender como podia até que, aos 35 minutos, o goleiro Muralha defendeu um chute forte e o rebote foi para o meio da área, chegando direto nos pés de Vitinho, que só completou.

O Flamengo ainda tentou bastante ir ao ataque e buscar ao menos o empate, mas as ações ofensivas funcionaram pouco e Danilo Fernandes ficou tranquilo nos minutos finais. Enquanto isso, a defesa do Mais Querido precisou de atenção com os contra-ataques do Internacional, que foram parados principalmente por Alex Muralha.

Ficha Técnica

Internacional 2×1 Flamengo

Dia: 16/10/2016

Horário: 17h

Local: Estádio Beira Rio

Flamengo: Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo (Emerson Sheik), Willian Arão e Diego; Éverton (Fernandinho), Gabriel (Alan Patrick) e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio

Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires

 

*Foto: Staff Images / Flamengo