O atacante Emerson Sheik, que não terá o contrato com o Flamengo renovado, expôs a mágoa com as poucas oportunidades que recebeu do técnico Zé Ricardo em entrevista à FM O Dia.

– Fiquei seis meses só treinando e fiz de tudo para jogar, mas não joguei. Mas eu e muita gente sabia que pdoia jogar. Só não sei o motivo porque não joguei – afirmou. – Zé Ricardo é bom treinador, mas está há seis meses no profissional, é natural que demore a engrenar. Além disso, tem o lance de tratar as pessoas com igualdade. O Zé Ricardo se perdeu um pouco em relação a isso.

Com Zé Ricardo, Sheik disputou oito jogos no Brasileiro – somente um como titular – e três na Sul-Americana – todos vindo do banco – e marcou somente um gol, contra o Palestino. Ele ficou cerca de três meses sem ser aproveitado, desde a derrota contra o Fluminense, em junho, até o jogo de volta contra o Figueirense, pela Sul-Americana, em setembro.

Sheik disse que o Flamengo não voltará a conquistar títulos se não mudar a mentalidade de quem comanda o futebol do clube.

– Não me arrependo por causa da história do clube e da torcida. É um privilégio jogar no Flamengo. Vou torcer para o Fla fazer um ano diferente de 2016. Espero que a cabeça dos profissionais que comandam o clube mude. Senão, dificilmente vai conquistar algo – disse.


Na segunda-feira, o atacante de 38 anos afirmou que já está acertado com um “clube grande que vai brigar por título” para a próxima temporada.