Ex-atleta do Clube de Regatas do Flamengo, onde encerrou seu vínculo em 2013, Daniele estava sem clube desde janeiro deste ano, quando se desligou oficialmente do Cegin, de Curitiba, onde treinava desde que deixou o Rubro-Negro.

Daniele Hypolito, que no último mês disputou a Copa do Mundo de Ginástica Artística, conquistou duas medalhas de ouro. Deu um show na prova do solo e terminou no lugar mais alto do pódio, repetindo a performance do dia anterior, quando ficou com o ouro na disputa do salto.

Sobre seu retorno a Gávea, se declarou estar muito contente e comemorou a volta com uma postagem em sua conta pessoal no Instagram: “Estou muito contente por estar voltando ao Clube de Regatas do Flamengo. Uma vez Flamengo. Flamengo até morrer”.

Dani, que voltará a representar o Fla nos tablados, está com 31 anos de idade e, juntamente com mais três atletas rubro-negras, fará parte da Seleção Brasileira de Ginástica Artística nos Jogos Olímpicos Rio 2016: Rebeca Andrade, Jade Barbosa e Flávia Saraiva. Apenas Lorrane dos Santos é do Cegin. Daniele declarou em 2014 que gostaria de se despedir da ginástica artística na competição e “deixar um legado para novas gerações”.

A jovem será a oitava atleta do Flamengo na seleção brasileira em geral, que já tem Flávia Saraiva, Jade Barbosa, Julie Kim Sinmon, Letícia da Costa, Milena Theodoro, Rebeca Andrade e Thauany Lee Araujo.  

A ginasta será apresentada oficialmente como nova integrante da equipe, nesta quarta-feira (01) na Gávea, no Ginásio Cláudio Coutinho – sede social do Clube de Regatas do Flamengo às 17h30.