Já classificado e poupando quatro jogadores, além de uma quinta alteração forçada por lesão, o Flamengo apenas empatou com o São Caetano na última rodada do Grupo 23 da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O resultado, porém, foi o suficiente para garantir o primeiro lugar do grupo e a permanência na sede da Grande São Paulo na próxima partida, contra o Nacional-SP, segundo colocado no grupo 24. O jogo, ainda sem data e horário confirmados, deve acontecer na próxima quarta-feira.

A decisão de poupar o volante Jean Lucas, o meia Patrick e os atacantes Gabriel Silva e Lucas Silva fez com que o atacante Vinícius Júnior, de apenas 16 anos e grande destaque do time nas duas primeiras rodadas, ganhasse uma chance de começar jogando, e ele não decepcionou. Logo aos x minutos, em bela jogada coletiva iniciada por Kleber, o atacante recebeu do colega de seleção sub-17 Lincoln e tocou por baixo do goleiro para abrir o placar.

Lincoln, aliás, que esteve apagado nos dois primeiros jogos depois de aparecer muito bem na Copa RS no fim do ano passado, apareceu muito mais com o colega de seleção sub-17 e “velho” conhecido de outras categorias em campo. Pouco depois do gol, Vinícius Júnior fez grande jogada e tentou devolver a assistência a Lincoln. O camisa 9 chutou para fora.

A partir daí, o São Caetano, dono da casa, começou a dominar o jogo, mas não o suficiente para empatar ainda na primeira etapa. No início do segundo tempo, porém, uma infelicidade do lateral Moraes – que viajou do Rio às pressas hoje para substituir Michael, contundido – resultou no gol de empate. Matheus Abreu, irmão de Renato Abreu, que jogou no Flamengo, cruzou, João Melo cabeceou, a bola bateu em Moraes e enganou o goleiro Gabriel Batista.

A melhor chance para o Flamengo recuperar a liderança do placar veio logo na saída de bola. Vinícius Júnior deu um passe açucarado para Théo, mas o volante desperdiçou.


Pouco depois, Leo Pereira fez falta em Moraes, que puxava contra-ataque, e recebeu o cartão vermelho, deixando o São Caetano com um a menos. O Flamengo reassumiu o controle do jogo e teve uma série de oportunidades, a maioria criada por Vinícius Júnior, que acabou jogando os 90 minutos e foi o melhor em campo. Dois lances polêmicos poderiam mudar a história do jogo. No primeiro deles, Vinicius Júnior recebeu um encontrão dentro da área, mas o juiz marcou simulação e deu cartão amarelo para o atacante. No outro, aos 46 minutos, Kleber levantou na área e Wesley cabeceou para o gol, mas o juiz marcou impedimento e anulou o tento. Não fez diferença: o empate foi o suficiente para alcançar o objetivo.

Capitão do time, o zagueiro Dener, único remanescente do time titular campeão da Copinha no ano passado, reprovou o desempenho da equipe:

– Começamos muito bem no primeiro jogo, mas nas duas últimas partidas não conseguimos mostrar o nosso melhor futebol. Precisamos melhorar se quisermos o título.

 
Deixe seu comentário!


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.