O Conselho Deliberativo aprovou nesta segunda-feira à noite o contrato de aluguel do estádio da Portuguesa da Ilha pelos próximos três anos, renováveis por mais três. O estádio, usado pelo Botafogo no último Brasileiro, foi procurado pelo Flamengo como opção caso a situação do Maracanã continue indefinida ao longo da próxima temporada.


O projeto do Flamengo para o estádio prevê entre 20 e 22 mil lugares, a depender da liberação do Corpo dos Bombeiros. O projeto será oficialmente apresentado após a obtenção da licença. As obras devem começar no início de janeiro e durar por volta de 60 dias, na estimativa do vice-presidente de Patrimônio, Alexandre Wrobel.


A sessão de votação da parceria no CoDe foi marcada por uma polêmica. A comissão de marketing do Conselho – que não tem vinculação com o departamento de marketing do clube – apresentou parecer contrário à aprovação, por considerar que o estádio não estava à altura da grandeza do Flamengo. Mesmo assim, o acordo foi aprovado com apenas quatro votos contrários.

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!