0je9F6Hf

Após vencer o Vitória na última quinta-feira (2), o Flamengo enfrentou o Palmeiras no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Em jogo válido pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Mais Querido do Brasil foi derrotado pelo Palmeiras pelo placar de 2 a 1.

O JOGO

O Flamengo deu o pontapé inicial e deu o primeiro susto na defesa alviverde. Rodinei avançou pela direita e sofreu a falta. Na cobrança, Alan Patrick mandou mas mãos de Fernando Prass.
Aos 3 minutos, após saída errada de César Martins, a bola sobrou para Gabriel Jesus e o meia chegou livre para deixar o Palmeiras na frente. O Mais Querido do Brasil respondeu rápido e conseguiu o empate aos 6 minutos. Após cobrança de lateral, Alan Patrick recebeu e bateu de fora da área. Fernando Prass chegou a tocar na bola, mas ela bateu na trave e entrou sem chances para o goleiro alviverde.

Após o gol de empate, o Flamengo ficou mais tempo com a bola e trocou passes na intermediária. Nas poucas subidas com perigo, Felipe Vizeu fez boa jogada e deixou Everton em boas condições de marcar, mas o camisa 22 chutou por cima. Aos 17 minutos, o Palmeiras teve boa oportunidade com Dudu em cobrança de falta, mas o meia mandou na barreira. Em seguida, mais uma vez o Palmeiras deu perigo, dessa vez com Roger Guedes em bom chute de fora da área, mas Alex Muralha fez boa defesa e mandou para escanteio. Na cobrança, Moisés, do Palmeiras, se chocou com César Martins e teve que ser atendido.

O Palmeiras voltou a pressionar e chegou com Gabriel Jesus, mas Muralha fechou bem o ângulo e o meia desperdiçou. Imediatamente o Flamengo deu a resposta após jogada individual de Fernandinho. O atacante se livrou da marcação e bateu pra fora. Após os 30 minutos, a partida melhorou e o ritmo aumentou, com as duas equipes trocando bons passes e buscando o espaço para marcar, mas as duas defesas estavam bem atentas.


Aos 40 minutos, Felipe Vizeu sofreu falta na intermediária, Márcio Araújo mandou pro ataque mas a defesa afastou. No contra ataque, o Palmeiras chegou com Dudu, em jogada individual. O camisa 7 chutou com muito perigo mas Alex Muralha apenas acompanhou a bola sair. Outra chegada do Palmeiras e a equipe ganha escanteio. Na cobrança, Alex Muralha sai de soco, afasta o perigo e cai sentindo as costas.

O jogo retomou e o Mais Querido do Brasil chegou pela esquerda com Fernandinho, que cruzou na cabeça de Felipe Vizeu mas o atacante cabeceou por cima. Foi o último lance do primeiro tempo e o jogo foi para o intervalo empatado, 1 a 1. Foi um primeiro tempo com poucas faltas e sem cartões. As duas equipes se estudaram bastante e jogavam no erro adversário. Muito bem na marcação, Márcio Araújo se destacou pelos bons desarmes e passes precisos; pelo Palmeiras, Moisés teve liberdade no meio e criou boas oportunidades de gols com belos lançamentos para Gabriel Jesus.

Na volta para o segundo tempo, houve uma confusão nas arquibancadas entre a Mancha Verde e a polícia, que precisou intervir com gás lacrimogêneo. Os torcedores e os jogadores ficaram bastante incomodados com o gás e a partida não pôde ser reiniciada. Após minutos de paralisação, a situação foi normalizada e a partida foi reiniciada.

O jogo começou com o Flamengo pressionando e não deixando o Palmeiras impor seu jogo. Melhor nos minutos iniciais, o Flamengo tentou furar o bloqueio adversário e quase conseguiu com Alan Patrick, mas faltou equilíbrio e a defesa afastou o perigo.

Aos 13 minutos, o técnico Cuca tirou Matheus Sales e colocou Luan; enquanto no Flamengo, Felipe Vizeu deu lugar a Marcelo Cirino. Luan teve sua primeira participação pelo lado esquerdo. O atacante cruzou nas mãos de Alex Muralha e Gabriel Jesus cometeu a falta no goleiro rubro-negro. Do outro lado, Willian Arão entrou na área com muito perigo, cruzou fechado e a zaga mandou para escanteio. Na cobrança de Alan Patrick, Fernandinho cabeceou na primeira trave e quase fez o gol da virada.

Aos 19 minutos, o Palmeiras chegou mais uma vez com Luan, que mandou pra área mas Léo Duarte interceptou. Os palmeirenses reclamaram de toque de mão do zagueiro rubro-negro, mas o juiz marcou apenas escanteio. Os dois técnicos mexeram novamente: no Palmeiras, saiu Roger Guedes e entrou Cleiton Xavier; no Flamengo saiu Everton e entrou Cuéllar. Aos 26 minutos, após bobeada da defesa do Flamengo, Gabriel Jesus chutou por cobertura, venceu Alex Muralha mas César Martins estava em cima da linha e espalmou. O zagueiro cometeu pênalti e foi expulso direto. Na cobrança, Jean marcou para o Palmeiras.

Com um a menos, o Flamengo teve que se arriscar para buscar o empate, e Zé Ricardo colocou Mancuello no lugar de Alan Patrick. O Palmeiras trocava passes na defesa, valorizava o resultado e esperava o tempo passar, enquanto o Flamengo não tinha muito o que fazer. A marcação alviverde era eficiente e dava poucos espaços para o Flamengo criar. Aos 38 minutos, Mancuello recebeu cartão amarelo após entrada dura em Fabricio. O técnico Cuca mexeu pela última vez e colocou Rafael Marques no lugar de Dudu.

Muito mal no jogo, Marcelo Cirino perdeu mais uma bola no ataque e cedeu contra-ataque ao Palmeiras. Rafael Marques recebeu cara a cara com Muralha, mas foi desarmado em lance duvidoso. Os jogadores pediram falta mas o juiz nada marcou. O Palmeiras foi melhor no segundo tempo e dominou a partida. Sem levar tantos perigos ao gol do Palmeiras, o Flamengo não conseguiu criar situações de perigo. Como no primeiro tempo, o último lance foi do Flamengo. Mancuello cobrou falta mas mandou nas mãos de Fernando Prass.

Com a derrota, o Flamengo cai pra 5°, com 10 pontos, e foi ultrapassado pelo Palmeiras (12). O próximo compromisso do Flamengo é domingo (12) diante do Figueirense, no Orlando Scarpelli

FICHA TÉCNICA

Flamengo 1×2 Palmeiras

Data: 05/06/2016

Horário: 16h

Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília

Flamengo: Alex Muralha, Rodinei, Léo Duarte, César Martins e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick (Mancuello) e Everton (Cuéllar) ; Fernandinho e Felipe Vizeu (Cirino).
Técnico: Zé Ricardo.

Palmeiras: Fernando Prass; Tchê Tchê, T. Martins, Vitor Hugo e Fabrício; Matheus Salesiano (Luan), Jean e Moisés; Dudu (Rafael Marques), Roger Guedes (Cleiton Xavier) e Gabriel Jesus

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva

Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Bruno Raphael Pires

Gols: Alan Patrick (FLA); Gabriel Jesus e Jean (PAL)


Matheus Soares faz parte da Equipe MRN Informação. Twitter: @mathheusoares