Desde a derrota para o Sport na 5ª rodada do Brasileirão o Flamengo não sabe o que é perder. De lá para cá foram 5 jogos, 3 vitórias e 2 empates, sequência que propiciou um salto na classificação da liga nacional. Após a vitória contra o Bahia, no último domingo, dentro da Fonte Nova, ficou claro que o time tem uma boa capacidade de não perder. Porém, isso não significa que jogam suficientemente bem para merecer a vitória.

Desta vez, o duelo será por uma competição diferente. O Maior do Rio receberá o Santos pelo duelo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Vice-líder e terceiro colocados no Campeonato Brasileiro do ano passado, ainda não sabem o que é ter um grande desempenho em 2017.

O duelo acontecerá na Ilha do Urubu, às 21h45 desta quarta-feira (28).

Semana no Ninho do Urubu

O duelo contra o Bahia, no domingo passado, propiciou a estreia de dois dos três novos reforços do Mengão. No caso de Éverton Ribeiro, esta foi a primeira oportunidade de entrar em campo vestindo o Manto Sagrado. Já no caso de Rhodolfo, esta foi a primeira partida como titular, já que havia entrado no duelo contra a Chapecoense após Réver sair lesionado. Além da volta do capitão rubro-negro, outro motivo fará com que o zagueiro ex-Besiktas e, neste caso, Éverton Ribeiro e Geuvânio não possam entrar em campo pela competição: as inscrições de reforços fechou dia 24 de abril, ou seja, nenhum dos 3 foram inscritos, logo não poderão atuar.

Como dito acima, Réver, que ficou de fora contra o Bahia e deu lugar a Rhodolfo (considerado por muitos o melhor da partida), estará de volta ao time titular. O capitão sentiu uma pancada na goleada em cima da Chape e foi poupado do duelo em Salvador. Quem também estará de volta é sua dupla de zaga. Juan, fora por suspensão da última partida, formará uma dupla inédita na Copa do Brasil, já que ele e o camisa 15 ainda não atuaram juntos pela competição de mata-mata.


Outra mudança que vai acontecer, obviamente, é a volta de Berrío ao time titular. O colombiano foi o autor do gol da vitória sobre o tricolor baiano e deve ser titular com a ausência certa do novo camisa 7 rubro-negro. O ponta disse ainda estar longe do seu melhor mas que pretende ajudar ainda mais o time. Se o Ribeiro ficará de fora, outra volta certa é a do Éverton da outra ponta. O camisa 22 também havia ficado de fora por conta do terceiro cartão amarelo. Por fim, outra mudança que pode acontecer é a volta de Cuéllar na vaga de Arão. O volante treinou entre os titulares nesta terça e pode ser o titular contra o Peixe.

Semana do Santos

Se a equipe santista conseguiu um embalo no Brasileirão após a saída de Dorival, o momento fora de campo não é dos melhores. Com o Barcelona em cima de Lucas Lima, o Santos já reclamou de assédio. O clube catalão já rebateu e disse que o Peixe está chantageando o jogador, devido a oferta de renovação de R$ 45 milhões até 2020 além de uma porcentagem dos seus direitos econômicos.

Um ponto semelhante entre os adversários desta quarta é a falta de um desempenho que dê confiança ao torcedor. Na última rodada, o Sport colocou um freio no embalo do Santos. Com uma exibição bem abaixo, Osvaldo fez o gol que deixou a Vila Belmiro calada.

Contra o Fla, o Peixe aposta no bom desempenho como visitante. Porém, em 15 jogos, foram 7 vitórias, 4 empates e 4 derrotas jogando fora de casa. As vitórias vieram em sua maioria no Paulistão, contra RB Brasil, São Bernardo, São Bento, Santo André. Pela Copa do Brasil, venceu o Paysandu. No Brasileirão, venceu os dois últimos duelos fora, contra Atlético-PR e Vitória, provável motivo que levou alguns atletas do clube a falarem de uma “boa fase” como visitante. No entanto, nos dois duelos anteriores longe dos seus domínios, foi derrotado em ambos (Fluminense e Corinthians).

Contra essa expectativa, o Fla vem de uma fase longa sem perder em casa. Em 2017 são 15 vitórias em 20 jogos. Ao todo, são 25 jogos sem perder como mandante.

Para quarta-feira, Thiago Maia, com virose, se juntou a Ricardo Oliveira, Zeca, Rodrigão e Cleber como desfalque.

Histórico do confronto

O confronto entre os clubes que revelou dois dos maiores nomes do futebol brasileiro no passado é extremamente equilibrado. Em 98 jogos, cada equipe tem 35 vitórias e mais 28 empates. Em 2016, um empate e uma vitória para o Flamengo. O Santos, aliás, não vence o rubro-negro desde outubro de 2014. Nos últimos 10 encontros, foram 3 vitórias do Fla, 2 do Peixe e 5 empates, a maioria por 0 a 0.

Na Ilha do Urubu, o Fla tentará repetir os bons resultados dos dois duelos anteriores: o 2 a 0 contra a Ponte Preta e o 5 a 1 sobre a Chapecoense. Juntando o 2016 com o que temos de 2017, são 53 jogos em casa e apenas 5 derrotas, para Atlético-PR, Fortaleza, Fluminense, Palmeiras e Palestino.

Ficha técnica

Flamengo x Santos

Data: 28/06/2017

Horário: 21h45

Local: Ilha do Urubu

Flamengo (provável escalação): Thiago; Rodinei, Réver, Juan e Trauco; Márcio Araújo, Cuéllar (Arão), Diego; Berrío, Everton e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo

Santos (provável escalação): Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Lucas Veríssimo e Jean Mota; Renato, Leandro Donizete e Lucas Lima; Copete, Bruno Henrique e Kayke. Técnico: Levir Culpi

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro

Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Pablo Almeida da Costa.

Transmissão: GLOBO (RJ, RS, SC, PR, SP- somente Santos, MG – somente Juiz de Fora, ES, GO, TO, MS, MT, BA, SE, AL, PB, RN, CE, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP, DF), FOX SPORTS, Tempo Real no @MRN_CRF.

*Créditos da imagem destacada: Gilvan de Souza/Flamengo

 


O Mundo Rubro Negro precisa do seu apoio para não acabar, e melhorar ainda mais. Contribua mensalmente com nosso trabalho. Clique aqui: bit.ly/ApoiadorMRN