Com grande atuação de Matheus Sávio, Fla vence o Vasco em São Januário e conquista o Torneio OPG

O dia é de festa para a torcida rubro-negra. Na tarde desta sexta-feira (04), o time juniores foi a São Januário para o segundo jogo da final do Torneio Otávio Pinto Guimarães (OPG) e derrotou a equipe da casa por 3 a 1, com dois gols de Daniel, uma pintura de Jean Lucas e uma atuação de gala do meia Matheus Sávio. O resultado, 4 a 1 no placar agregado, deu ao Flamengo a nona taça do tradicional torneio carioca.

 O JOGO

Atuando em seu território, foi o Vasco quem deu as cartas no início do jogo. A equipe do técnico Rodney Gonçalves vinha invicta no OPG até perder o primeiro jogo da final para o Flamengo. Precisando balançar as redes para ao menos levar a decisão para os pênaltis, o Vasco viu na bola parada um grande trunfo para conseguir seu objetivo. Na primeira falta cobrada por Evander, aos dois minutos de jogo, o goleiro Gabriel defendeu sem grandes problemas. Já na segunda tentativa, o camisa 10 vascaíno exigiu uma saída arrojada do arqueiro do Flamengo, que por pouco não se complicou.

O Flamengo por sua vez, não se intimidou. Até a parada técnica conseguiu ter um comportamento defensivo exemplar, mas não era tão efetivo ofensivamente. Após receberem orientações do técnico Gilmar Popoca, os Garotos do Ninho voltaram para o jogo dispostos a exterminarem qualquer ambição vascaína.

O experiente Matheus Sávio, mostrou porque já esteve no time profissional. O camisa 10 da Gávea passou a comandar o meio campo do Fla, e a articular as jogadas de maior perigo. Se do lado rival Evander assustava com suas cobranças de bola parada, Sávio não ficou por baixo.

Com o gramado encharcado por conta da forte chuva que caía sobre São Januário, ambos os times recorreram às jogadas de bola parada e assim o Flamengo abriu o placar aos 26 minutos. Matheus Sávio cobrou a falta, o goleiro Paulinho espalmou e no rebote, o oportunista Daniel dos Anjos, artilheiro do campeonato, abriu o placar. Fla 1 a 0.

Os jogadores do Vasco visivelmente se abateram com o gol e viram a vantagem do Flamengo quase ampliar quando o zagueiro Igor Candiota cabeceou para fora, dentro da pequena área uma bola levantada por Matheus Sávio. Após o momento depressão, o Vasco voltou ao jogo. Lorran fez o goleiro Gabriel, de mão trocada, operar um verdadeiro milagre em São Januário.

O Vasco continuou no ataque em busca do empate. Aos 36 minutos, Lorran cobrou escanteio, Evander cabeceou para o gol e Kleber salvou a bola em cima da linha. Comissão técnica, torcida e jogadores cruzmaltinos reclamaram com o árbitro pedindo um toque de mão do lateral flamenguista. O jogo prosseguiu, mas o Vasco continuou a reclamar e não viu Jean Lucas completar de chapa no canto esquerdo do goleiro vascaíno. Fla 2 a 0.

Quem pensou que por estar vencendo o jogo por 3 a 0 no placar agregado, o Flamengo jogaria fechado na segunda etapa, se enganou. Gilmar Popoca mandou seus jogadores repetirem a postura do primeiro tempo. E assim os Garotos do Ninho fizeram. Com apenas 2 minutos do segundo tempo, após ótima jogada de Gabriel Ramos pelo lado direito, Kleber recebeu sem marcação e com o gol vazio mandou a bola na trave. E não parou por aí. Em seguida Matheus Sávio e Daniel dos Anjos também tiveram chances para fechar o caixão cruzmaltino.

O Vasco melhorou após a parada técnica e diminuiu o placar em uma linda cobrança de falta de Lorran, aos 31 minutos. Os anfitriões se animaram e até chegaram a pressionar, mas o melhor jogador em campo esfriou novamente as pretensões do rival. Aos 42 minutos, Matheus Sávio, em jogada individual, tocou de calcanhar para Gabriel Ramos, que rolou para o artilheiro do campeonato marcar o seu décimo primeiro gol no torneio e dar números finais à partida. Vasco 1 x 3 Flamengo.

Foto: Gilvan de Souza

Daniel e Jean Lucas marcaram os gols da vitória do Fla em São Januário. Foto: Gilvan de Souza

 

Flamengo: 

Gabriel Batista, Klebinho, Dener, Igor e Michael, Artur Bonaldo, Jean Lucas, Gabriel Ramos (Lucas Silva), Gabriel Silva e Matheus Sávio (Fabrício), e Daniel. Técnico: Gilmar Popoca

Vasco:

 Paulinho, Matheus Peixe, Lucas Barboza, Raniel e Lorran; Iago Índio (Robinho), Léo Couto (João Victor) e Jussa; Evander, Vinícius (Hugo) e Felype Hebert. Técnico: Rodney Gonçalves.

 

 

 

 

Crédito imagem destacada: Gilvan de Souza / Flamengo 


Apoie o MRN contribuindo mensalmente com o nosso projeto: a partir de 1 real! Clique em bit.ly/ApoiadorMRN

Siga-nos no Twitter: twitter.com/MRN_CRF
Curta nossa página: facebook.com/M.RubroNegro
Instagram: Instagram.com/mrn_crf
Canal do YouTube: MRN TV
Whatsapp: 21 98917.4639