Após empate sem gols na Arena Pantanal com o Santos, na última quarta (3), o Flamengo voltou a campo na noite deste sábado (6) pelo Brasileirão. Pela 19ª rodada, o adversário foi o Atlético-PR e como mandante, o Flamengo escolheu novamente o Kleber Andrade, no Espírito Santo, como palco da partida.



Com lindo gol de Mancuello, o Flamengo abriu o placar e garantiu a vitória no Espírito Santo. Com a vitória, o Flamengo assumiu provisoriamente a liderança da competição, já que os demais times só jogam amanhã (7). Com 33 pontos, a vitória do rubro-negro garante a equipe no G4 nesta rodada.

 

O JOGO

O Flamengo começou pressionando o Atlético-PR. Logo no primeiro minuto da partida, Everton cruzou no meio da área em direção a Guerrero, que desviou de cabeça para Fernandinho. No entanto, o atacante brasileiro pegou mal na bola, que saiu pela linha de fundo.

A equipe rubro-negra seguiu pressionando o adversário e quase abriu o placar aos 5 minutos. Em cobrança de falta, Mancuello pegou bem na bola e forçou linda defesa do goleiro adversário que evitou o primeiro gol do Flamengo na partida.

Apenas depois dos 10 minutos de jogo que o Atlético-PR conseguiu chegar com maior perigo. Em jogada de Sidcley, Walter finalizou para defesa de Muralha, mas o juiz havia marcado impedimento no lance. Novamente com Walter, o Atlético-PR quase abriu o placar no Espírito Santo. Percebendo Muralha adiantado no gol, o atacante do Furacão chutou de longe e a bola bateu na trave, quase fazendo 1×0 para o Atlético-PR no placar.

Em dois lances com Pará, o Flamengo chegou novamente com perigo. No primeiro, a arbitragem assinalou, erradamente, impedimento no lance entre o lateral e Arão. Logo na sequência, Pará cruzou procurando Guerrero que finalizou para o gol e reclamou de mão da zaga do Atlético-PR no lance, mas o juiz não marcou nada e o jogo seguiu.

Pressionado, o Atlético-PR tentava usar os contra-ataques para chegar com perigo. Walter, principal nome da equipe na primeira etapa, tentava finalizar e abrir o placar para o Furacão, sem sucesso. Já pelo Flamengo, Mancuello vinha mostrando bom dia e novamente levou perigo à área adversária. Em cobrança de escanteio, Guerrero finalizou e no bate e rebate, a bola sobrou para Réver. Com desvio na zaga, a bola passou muito perto da trave e por pouco o Flamengo não abre o placar.

A exemplo da primeira etapa, o Flamengo começou o segundo tempo pressionando e por muito pouco não abriu o placar. Em cruzamento de Arão, Guerrero se antecipou e cabeceou em direção ao gol. A bola passou muito perto e saiu pela linha de fundo.

Com Fernandinho e Chiquinho, o Flamengo chegou novamente com perigo ao ataque, mas não conseguiu abrir o placar. Guerrero ainda perdeu um gol inacreditável cara a cara com o goleiro, mas apenas aos 15 minutos o Flamengo conseguiu abrir o placar no Kleber Andrade.

Em cruzamento de Fernandinho, Mancuello recebeu e chutou de letra em direção ao gol, fazendo a bola morrer nas redes do goleiro Santos e deixando o Flamengo com 1×0 no placar. Em desvantagem no placar, o Atlético-PR acabou se recuando mais para não levar mais um gol e tentar chegar no contra-ataque. Com Lucas Fernandes, por pouco o Furacão não empata a partida, mas Muralha salva o Flamengo e evita o gol adversário.

Com vantagem no placar, o Flamengo administrou o resultado e conseguiu garantir a vitória na partida. Com o resultado, o Flamengo dorme na liderança, já que a rodada só será concluída amanhã. Com 34 pontos, o Flamengo jogará como vistante na próxima rodada. A partida com o Sport será na Ilha do retiro no próximo sábado (13) às 16h.

 

Ficha Técnica

Flamengo 1 x 0 Atlético-PR – Gol: Mancuello (16’/2ºT)

Flamengo: Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Chiquinho; Márcio Araújo, Willian Arão, Mancuello (Cuéllar) e Éverton; Fernandinho (Thiago Santos) e Paolo Guerrero (Felipe Vizeu). Técnico: Zé Ricardo.

Atlético-PR: Santos; Rafael Galhardo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Hernani e Vinícius (Lucas Fernandes); Marcos Guilherme (Luciano Cabral), Pablo e Walter (André Lima). Técnico: Paulo Autuori.

Cartões amarelos: Flamengo – Chiquinho e Willian Arão; Atlético-PR – Santos, Léo, Hernani e Pablo

Público: 19.036 presentes / 17.139 pagantes

Renda: não disponível


 

Créditos da imagem destacada: Reprodução Twitter oficial Flamengo

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!