Depois de perder em casa na última segunda, quando o Mogi venceu por 83 a 77 no TTC, o Flamengo voltou a quadra com a obrigação de vencer o jogo. A quarta partida da série aconteceu em Mogi, no Ginásio Professor Hugo Ramos, e poderia ser a última da série, em caso de vitória do time da casa. No entanto, o Flamengo jogou com raça e em um jogo emocionante venceu por 93 a 91, forçando a realização do 5º jogo da série no Rio.


Com a vitória rubro-negra, a série dos playoffs ficou empatada, com 2 vitórias para cada lado. Agora, o último e decisivo jogo da série determinará quem será a equipe classificada para a final do NBB. Quem vencer a partida no TTC na próxima terça (17) enfrentará o Bauru, que fechou a série dos playoffs sobre o Brasília com 3 vitórias consecutivas.

O JOGO


O Flamengo começou a partida de forma nervosa, com erros na finalização e dificuldade de marcar a equipe do Mogi. No entanto, na reta final do primeiro quarto a equipe rubro-negra se recuperou e começou a acertar os lances. Com boas recuperações de Marquinhos e Olivinha, o Flamengo conseguiu chegar ao empate na partida. Ronald Ramon começou a mostrar que estava em ótimo dia e, com uma cesta de 3, colocou o Flamengo à frente do placar pela primeira vez no jogo. Com vantagem de 3 pontos, o Flamengo fechou o primeiro quarto da partida em 23 x 20.

tweets 2 quarto

O retorno do intervalo mostrou que a pegada da equipe rubro-negra continuava a mesma do final do primeiro quarto e o Flamengo conseguiu administrar a vantagem no placar. Ronald Ramon continuava extremamente inspirado e manteve os 100% de aproveitamento nos arremessos da partida, convertendo 8 pontos apenas no segundo quarto. Marcelinho achou a mão para os arremessos de 3 e conseguiu converter 75% (3/4) das tentativas de longa distância.

O clima da partida estava quente em Mogi e acabou com a desqualificação do técnico da equipe da casa, que invadiu a quadra para reclamar da arbitragem. A equipe de Mogi pareceu sentir a ausência de seu comandante e mesmo com boa atuação de Shamell, que marcou 9 pontos no quarto, o Flamengo se aproveitou do momento, mantendo a vantagem no placar e fechando o segundo quarto em 54 a 45.

Com 9 pontos de frente no placar, o Flamengo retornou para o terceiro quarto da partida com ritmo forte. Ronald Ramon continuou se destacando no jogo pelas bolas de 3 e garantiu 9 pontos em arremessos de longa distância no quarto.  O Flamengo conseguiu manter um bom ritmo no jogo e manteve a vantagem no placar. A torcida presente no Ginásio Professor Hugo Ramos sentiu um pouco o resultado e diminuiu o apoio à equipe da casa, que pareceu sentir e tinha dificuldade nas idas ao ataque. A vantagem do Flamengo caiu apenas 1 ponto e a equipe rubro-negra fechou o terceiro quarto no placar de 78 a 70.

Reprodução: Twitter NBB

Reprodução: Twitter NBB

No último quarto, Mogi conseguiu acertar a mão e crescer na partida, comandados por Shamell, que foi o cestinha do jogo, a equipe da casa conseguiu ficar à frente do placar algumas vezes. O jogo no Hugão ficou eletrizante e extremamente equilibrado, sendo impossível definir o vencedor da partida até o último segundo do quarto. O Mogi foi superior no placar do último quarto, mas o Flamengo se beneficiou pela vantagem conquistada ao longo da partida. Com menos de 2 minutos para o final do jogo, o Flamengo tinha apenas 1 ponto de frente e a indefinição no placar deu ares dramáticos ao final do jogo. O Flamengo estava em desvantagem no placar quando Marquinhos recebeu falta e converteu dois lances livres, empatando a partida. Na sequência, o Flamengo evitou ataque do Mogi e Mineiro infiltrou no garrafão garantindo dois pontos para o Flamengo e ainda garantindo cobrança de um lance livre, que acabou errando. Com 2 pontos de frente no placar, o Flamengo tinha 11 segundos para segurar o resultado e forçar o segundo jogo, o que aconteceu da forma mais emocionante possível: Larry infiltrou e tentou a bandeja, mas Marquinhos apareceu e deu um lindo toco na bola, garantindo a vitória rubro-negra por 93 a 91 e forçando a realização do 5º jogo da série.

tweets final

 

Com a vitória, o Flamengo vai decidir a vaga para a final em casa, ao lado da torcida. A partida será realizada no Ginásio do Tijuca Tênis Clube na próxima terça (17) às 21h. Quem vencer, enfrenta o Bauru pelo título do NBB 2015-2016. O Flamengo é o maior vencedor da competição, com 4 títulos, seguido do Brasília que levantou o caneco em 3 oportunidades.

 

Cestinhas
Flamengo – Ronald Ramon – 27 pontos
Mogi – Shamell – 28 pontos

Assistências
Flamengo – Rafa Luz – 7 assistências
Mogi – Shamell – 3 assistências

Rebotes
Flamengo – Olivinha – 11 rebotes
Mogi – Lucas Mariano – 6 rebotes

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!