Select Page

Novos espaços para patrocínios

Novos espaços para patrocínios

urubusiness

 


Jason Brazil | Twitter: @JasonCRF


 

Com nossa política de austeridade, pagando os débitos e gastando o que podemos, o Flamengo deve procurar novas fontes de receitas. Além de tentar o upselling, que seria o aumento do valor pago pelos parceiros nos espaços da camisa, o Flamengo deveria tentar criar novas áreas de patrocínio. Calma, não estou falando de transformar nosso manto em um macacão de F-1.

A ideia é criar novos espaços em uniformes de treino e viagem, CT (seja em Naming Rights, placa de publicidade, espaços na academia, fisiologia e DM) e ônibus do clube. Manchester United e Liverpool já fazem isso (restringindo à naming rights do CT e camisa de treino). As empresas poderiam aproveitar que diariamente os jornais esportivos (sejam impressos, online ou na TV) mostram imagens/fotos dos treinos, logo teriam uma boa.

Claro que diversos fatores devem ser pensados e analisados antes. Caixa, Viton 44 e Jeep tem suas marcas expostas nos uniformes de treino e viagem, como não tenho acesso aos contratos dos nossos patrocinadores, não sei dizer quanto (ou se) o Flamengo cobra pelos respectivos espaços, mas com certeza, é um valor irrisório, que por não se tratar de um espaço já existente e “no mercado”, provavelmente pagam algo simbólico.

O clube poderia fechar pacotes fechados para vender os espaços, onde o pacote I, englobaria a visibilidade do CT, com Naming Rights, placa de publicidade, espaços na academia, fisiologia e DM. O pacote II, englobaria os uniformes de treino e viagem e espaço no ônibus do clube. Nada impede que uma empresa queira estampar sua marca nos dois pacotes, ou que algum próprio patrocinador queira fazer um Xselling (venda de múltiplos produtos ou serviços a um mesmo cliente). O importante disso é criar novas alternativas de receitas e fazer a arrecadação do clube aumentar cada vez mais e, com isso, ter um poder de investimento maior para formação de times vencedores e, com isso, aumentar suas cotas cobradas por cada espaço, formando então um círculo virtuoso.

É notório que vender o nome do CT, hoje, pode ter um elevado grau de dificuldade, pois o mesmo ainda não está finalizado e visualmente não foi sequer urbanizado, mas é uma ideia mais para frente. Os demais espaços, entretanto, não precisariam da finalização das obras.


 

Saudações Rubro-Negras.

Jason Brazil

 

@MRN_CRF

 

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

SIGA A GENTE NO TWITTER

About The Author

ANÚNCIO

PRINCIPAIS POSTS

Apoio

ANÚNCIO

TV MRN

Loading...

Assine nossa Newsletter

ANÚNCIO

Ajude o Mengão!

Banner_300X300

ANÚNCIO

Siga-nos no Twitter

%d blogueiros gostam disto: