Diogo Almeida | Twitter @DidaZico

 

mrn infA política do Flamengo continua agitada. Nos bastidores (e corredores) da Gávea, os grupos políticos disputam espaços na corrida eleitoral, marcada para as urnas em dezembro.

Três chapas foram oficializadas até agora: A Chapa Verde, de Wallim Vasconcellos, ex-Vice-Presidente de Patrimônio e também de Futebol da atual gestão; Chapa Branca, de Cacau Cotta, ex-Vice-Presidente do FlaGávea e também de Administração da Gestão Patrícia Amorim; e a Chapa Azul, do atual Presidente Eduardo Bandeira de Mello, postulante à reeleição. As inscrições de novas chapas vão até o fim de setembro.

E parece que as composições políticas estão mais propensas do que a aglutinação de novos candidatos ao processo — a Secretaria do clube só recebeu mais um pedido de relação de sócios, primeiro passo para composição eleitoral de novas chapas para o pleito, da parte de Francisco Gularte, dirigente da Gestão Edmundo Santos Silva.

Neste fim de semana, Lysias Itapicuru, líder do grupo político Nova Geração, alegou que foi procurado por representantes da Chapa Azul para iniciarem conversas no sentido de apoiar a situação. No entanto, os articuladores azuis não teriam obtido sucesso. Lysias reiterou ter negado seu apoio de forma enfática, visto que já “fechou” com a chapa “Vencer, Vencer, Vencer” .

— Não tem apoio ao Bandeira. Meu grupo conta com cerca de 150 sócios formadores de opinião dentro do clube e está totalmente comigo, em torno do meu apoio ao candidato Wallim. Entendo que Bandeira nunca quis ser Presidente, foi posto lá. E não vou apoiar essa ingratidão — respondeu Lysias, contatado pela nossa reportagem.


Perguntado se Wallim já teria prometido algum cargo, foi enfático em negar.

— De forma alguma houve isso. Acontece que o meu grupo vai disputar espaço político, naturalmente. Particularmente, tenho o desejo de presidir o Conselho Deliberativo. Acredito que naturalmente possa ocorrer um apoio da Chapa Verde nesse sentido. Mas apoio formal? De forma alguma, repito — encerrou.

Lysias chegou a se candidatar na eleição de 2012, porém decidiu apoiar Jorge Rodrigues posteriormente.

 


18h55 – Atualização

Os coordenadores de campanha da Chapa Azul informam que em nenhum momento procuraram qualquer membro do Grupo Nova Geração, menos ainda Lysias Itapicuru para qualquer tipo de acordo político ou troca de cargos.

ÚLTIMAS DO MUNDO RUBRO NEGRO

Fluxos convergentes: Antônio Tabet promove encontro com as mídias rubro-negras.

 

#Lulucast 2.0 #35 – Aqui é o meu lugar!

 

Caminho árduo para voos mais distantes em 2016

 

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

SIGA A GENTE NO TWITTER