COq9C4pWwAAPaqW“Eu entrei e encontrei um armário bagunçado. E não estou criticando o trabalho feito anteriormente. Antes não tinha nem armário”.



Com menos de um mês no cargo de Vice-Presidente de Comunicações do Flamengo, Antônio Tabet convidou boa parte da imprensa/mídia rubro-negra para um encontro informal na Gávea. Eu não tinha ideia do que seria dito, quais tópicos seriam discutidos. E isto me gerou enorme expectativa. Terminado encontro vou tentar passar pra vocês um resumo dos assuntos que considero relevantes. Aproveitarei para apresentar alguns dos meus contrapontos também.

Em um mundo onde a informação começa e termina na Internet, nada mais esperto e producente do que ter um cara nascido e criado aqui nessa parada. Que enrola, acende e fuma qualquer barato produzido no laboratório de fazer doido que é a Web. Vamos lá.

Redes Sociais

“O Canal do Flamengo no YouTube é desastroso. Isso vai mudar. Nosso Facebook deu um grande salto mas agora temos que encontrar outra empresa, pois quem estava administrando nosso perfil saiu. Até vejo uma oportunidade de contratar uma empresa melhor, já dentro de uma nova dinâmica de trabalho. O Twitter já ficou mais animado”.

“Vamos fazer imersões aqui. Já conversei com o Facebook, o Google… Eles vão acampar no Flamengo repassando seus conhecimentos, atuando como facilitadores, dedicando oficinas, workshops. O Flamengo terá o melhor site de um clube do hemisfério sul. Os perfis nas redes sociais serão interessantes, legais, divertidos… Para o  YouTube a gente tá preparando muita coisa boa, as novidades logo vão pintar”, empolgou-se Tabet, e me empolgando também.

As mídias do Flamengo vão entrar numa nova vibe. Muita gente de cuca velha vai chiar, dentro e fora do clube, torcedor e não-torcedor.

Percebi claramente qual será o desafio. Tabet parece disposto a bater de frente com algumas estruturas, sabe disso – se terá sucesso ou não, quem irá saber?

Papel da Imprensa

Nesse momento, olhando pra gente, parece perguntar silenciosamente sobre o papel que desempenha os produtores de conteúdo que estão à sua frente. Perceptível era que “aquele cara do Porta dos Fundos” queria entender mais do que ser entendido.

Começamos a falar como nossos projetos podem ajudar o Flamengo. Falando por mim, enquanto editor-chefe do MRN: estarei sempre, repito, sempre disposto a ajudar o clube. Então acredito que as mídias rubro-negras podem ajudar com sugestões, sendo uma interface entre clube-torcida de qualidade. Podemos ser mais parceiros com projetos envolvendo outros departamentos, sempre por intermédio e com auxílio luxuoso da Comunicação.

“Pra mim… seguinte, produz conteúdo é imprensa, não teremos distinções”, Tabet concordou, ao escutar atentamente nossas reclamações sobre como o clube direciona a informação. Fiquei particularmente satisfeito ao reivindicar entrar no mailing e sair com a promessa do Vice-Presidente de não nos manter excluídos.

Falta mesmo ao clube acreditar mais na mídia rubro-negra. Novamente falando sobre o caráter do MRN, vamos continuar buscando apurar e trazer a notícia com qualidade. Eu tomei pra mim a missão de criar um bom espaço de aprofundamento de questões pertinentes ao Flamengo. Não medirei esforços para trazer notícias em primeira mão. Inquietude sempre: o Mundo Rubro Negro sempre estará mergulahdo em um processo de aprimoramento pois sabe que nunca poderá estar bom o bastante para todos.

“Acho que a imprensa tem que anunciar contratação sim. Claro. Todos os grandes clubes do mundo apenas ratificam a informação em seu site oficial. Antes do Chelsea oficializar, 25 jornais já deram a contratação como certa, o site ganha na oficialização da notícia. E vai ganhar sempre. Mas não precisamos ter a obrigação de sermos os primeiros.” surpreendeu novamente.

Ou seja, cabe a você, leitor rubro-negro, escolher onde pode obter a informação confiável.

Com Bruno Cazonatti e Flávio H. Souza.

Com Bruno Cazonatti e Flávio H. Souza.

A Flamengada toda reunida.

A Flamengada toda reunida.

Futuro incerto

E sobre as eleições, Kibe Loco? De que adianta empreender essa energia toda num projeto que pode ficar apenas no rabisco?

“Eu não trabalho pensando nisso. Fui convidado e só aceitei o cargo porque concordo com a política do Flamengo. Acredito no presidente e espero ter tempo para isso. Eu trabalho pro Flamengo, que fique claro. Quero sentar com qualquer um. Olha, vocês foram os primeiros a serem chamados, não foi apenas por acaso. Eu acredito no trabalho de vocês, fiz o mesmo percurso lá trás e acompanho o trabalho de muitos aqui. E quero conhecer mais ainda”, respondeu.

“A gente tá numa roda gigante. Esse período eleitoral é muito complicado. Mas o Flamengo vai melhorar sua Comunicação”, completou. 

 
O encontro foi bom. Pessoalmente, foi legal conhecer Antônio Tabet. E foi ótimo ter voz para criticar, um excelente momento para sugerir e um alívio perceber que o novo VP, em nenhum momento, pareceu estar cumprindo um protocolo político.

 
Diogo Almeida é um beatnick boleiro. Escreve no Cultura RN quando consegue colocar as ideias no lugar. Siga-o no Twitter: @DidaZico.

 
 
Deixe seu comentário!


Este texto faz parte da plataforma de opinião MRN Blogs, portanto o conteúdo acima é de responsabilidade expressa de seu autor, assim como o uso de fontes e imagens de terceiros. O Mundo Rubro Negro respeita todas as opiniões contrárias. Nossa ideia é sempre promover o fórum sadio de ideias. Email: [email protected].

Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN


Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!