overlapingO mais importante para o Flamengo neste momento é a criação de um círculo virtuoso de grandes receitas, aproximação da torcida do time/clube, associação em massa e a criação de uma cultura no torcedor de ir ao estádio (Matchday bem executado), aspecto que vem se perdendo com o tempo por inúmeros fatores.

 

Luiz Filho (@lavfilho)

 

 

A comercialização de pacotes de ingressos pode representar uma antecipação importante de receitas, auxiliando no fluxo de caixa do clube e a possíveis contratações de atletas. Nada disso impediria a comercialização de pacotes curtos, com objetivos de arrecadação rápida e assimilação simples.



Em 2014 foram comercializados 23.500 pacotes para a disputa da Taça Libertadores de América, mesmo com a “não tradição” desse tipo de promoção e venda, consideramos que houve sucesso, ainda que a disputa e o pacote tenha se resumido à apenas três partidas. O pacote é uma alternativa para a captação de uma “base sustentada de torcedores” no estádio, receita nova e limpa, ajudando a equipe fora do campo e criando uma demanda de nova de ingressos avulsos, nos dias de jogos. A venda de pacotes faz com que o Flamengo jogue seus jogos no Rio de Janeiro, com o apoio da torcida sem prejuízo técnico e com ganho financeiro.

A antecipação de receita limpa e nova traz lucro com ingresso avulso no dia do jogo (Matchday), dos torcedores que não compraram o pacote de ingressos, e nem aqueles estão no programa de sócios torcedores. Pode ser um “upgrade” na adesão de torcedores avulsos, que atualmente vão aos estádios, porém não fazem parte do programa Nação Rubro-Negra, além de elevar a ocupação média e a arrecadação do clube em suas partidas. A cadeira que fica vazia é o maior custo para o promotor de qualquer espetáculo.

Culturalmente, o torcedor de futebol no Rio de Janeiro decide ir aos jogos no dia ou muito próximo, e esse é um complicador em relação ao planejamento. Quando existe uma base, previsão de casa cheia, a ser confirmada pelos pacotes vendidos anteriormente, fica “mais fácil” lotar o estádio. Essa afirmação é subjetiva, uma percepção da realidade, observação. Quantas foram as vezes que nós rubro-negros fomos ao estádio por imaginá-lo lotado? O torcedor é passional, movido pelo espetáculo que promove nas arquibancadas e pela necessidade do time no campo, curte entrar no jogo e cobrar, participar.

É importante que o Flamengo controle a entrada de seu torcedor. Só entrará com meia entrada quem realmente tiver esse direito, mesmo que o indivíduo entre no estádio com 30 minutos do primeiro tempo. Isso de certa forma já vem sendo executado pelo clube, com os cartões ingressos distribuídos aos STs na adesão ao Programa, em lojas físicas. Se a medida for expansível para todos os torcedores do clube que estão inclusos no Cadastro Rubro-Negro, fica mais simples a identificação e a entrada deste torcedor no estádio, permitindo uma melhor experiência no Matchday. O controle do público simplifica sobremaneira.

O pacote de ingressos é um modo de “dar tempo” para uma reformulação no programa de sócio torcedor, contestado por boa parte dos não-associados. O ingresso traz receita dividida com a concessionária, mas o plano de ST dá receita direta ao clube. O pacote equilibra a questão se oferecido exclusivamente ao ST. Há de se pensar nele rapidamente. Uma das ideias seria a implementação de pacotes mensais, já que o Flamengo joga normalmente 3 partidas por mês sob seu mando, exceto nos meses de agosto e setembro quando o calendário fica mais apertado. O pacote deixaria de fora as partidas pela copa do Brasil, onde se valoraria de acordo com a fase em questão.

Vantagens


  • Ingressos antecipados e a preços mais baixos para o ST
  • Comercialização das partidas antecipadamente (por fases)
  • Promoções para incentivar o torcedor
  • O que o clube pode oferecer? Material + Intangível (Matchday, Camarotes), vender a experiência.
  • Limitar os pacotes à 30.000 ingressos ou vender por lotes
  • Cadastro Rubro-Negro ativo, cartão/CPF, comodidade e controle, segurança
  • Torcedor fiel e paga menos (programa de pontos), ampliação do programa de ST
  • Adiantamento de receitas/menor custo operacional
  • Ocupação do estádio maior; Estádio mais cheio, chama mais torcedores
  • Criação de um círculo virtuoso

Lembrando que ser Sócio-Torcedor ajuda ao clube ficar mais forte, não “ajuda a gestão”. O governo passa, mas o Flamengo fica. Cada um tem o direito de fazer o que quiser, não precisa forçar ninguém a fazer o que não deseja, mas é importante para o futebol do Flamengo a associação de sua torcida. Quem é ST, leve um amigo, um familiar para o programa, quem não é associe-se. Quem não quiser ou puder, continue torcendo. Somos todos Mengo!

 

 Flamengo-Hic-et-Ubique-300x33

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!