DesafioDasChapas840x420

Nos próximos anos o Flamengo terá grandes desafios pela frente. O #DesafioDasChapas foi o método encontrado pelo Mundo Rubro Negro de contribuir para o debate produtivo de ideias para o próximo triênio rubro-negro. Os candidatos responderão 20 perguntas semanais, perfazendo um total de 80 indagações durante o período de quatro semanas. Este primeiro bloco tem foco nas áreas de Finanças, Marketing, Recursos Humanos e Comunicação.



A Chapa Azul representa a situação com Eduardo Bandeira de Mello tentando a reeleição ; Wallim Vasconcellos, ex-Vice-Presidente de Futebol e de Patrimônio da atual gestão se tornou opositor de Bandeira e representa a Chapa Verde; e Cacau Cotta, ex-Vice-Presidente do FlaGávea e de Administração da Gestão Patrícia Amorim (2010-2012) é o candidato da Chapa Branca.

O nosso objetivo com os questionamentos abaixo é criar condições para que os candidatos apresentem seus planos de governo. As perguntas foram confeccionados com pouca margem para argumentações pretéritas. As decisões anteriores à posse do próximo mandatário, erradas ou acertadas, devem ser encaradas pelo Presidente da Nação Rubro Negra como desafios e oportunidades. É consenso no MRN ser um desperdício extremamente decepcionante — decerto cruel –, infrigir à Nação um período eleitoral baseado em acusações, verborragias com repetições de clichês elevados pela hexa potência e demais artíficios publicitários baratos. Quando poderíamos apenas ter, elegantemente, candidatos apresentando seus planos de governo.


Para entender as regras do #DesafioDasChapas clique aqui → DesafioDasChapas-01

Boa leitura aos sócios aptos a votarem no dia sete de dezembro e a todos os rubro-negros espalhados pelo Brasil.


 

DESAFIO DAS CHAPAS – TERCEIRO BLOCO

O Portal Mundo Rubro Negro disponibiliza este questionário para todas as Chapas.

Temas Gerais deste Bloco: Fla-Gávea e Esportes Olímpicos

Observações:

¹Nas respostas obedecemos a ordem alfabética, assim a primeira Chapa a responder é a Azul, seguida pela Branca e por fim a Verde.

²As respostas foram reproduzidas exatamente como as Chapas as enviaram.

³A Chapa Branca não enviou as respostas desse terceiro bloco.

 

Leia o Primeiro Bloco – Administração – CLIQUE AQUI

Leia o Segundo Bloco – Futebol – CLIQUE AQUI

 

– Fla-Gávea

O que sua Chapa pretende implementar de melhorias no Fla-Gávea?

 

Zg3CmT6HRealizamos uma ampla pesquisa de opinião com os associados para conhecer as principais demandas em relação ao aproveitamento do espaço da sede social. Como resultado, conseguimos dirigir o planejamento da revitalização dela de acordo com as prioridades apontadas democraticamente pelo nosso quadro associativo.

Em 2013-2015, mesmo com graves restrições orçamentárias, apresentamos uma série de avanços, principalmente através de parcerias e acordos baseados em renúncia fiscal, o que culminou no aumento da frequência dos associados. Estamos com obras para instalação da piscina mais moderna do mundo, a Myrtha; reformamos os ginásios, em especial o Claudio Coutinho, consideravelmente danificado por um incêndio; obtivemos um legado de melhorias no campo e nos vestiários, além de instalações do prédio principal propiciadas pela ocupação delas durante a Copa do Mundo; reinauguramos o Centro de Lutas modernizado e climatizado, em parceria com o Comitê Olímpico Americano (Usoc); inauguramos o banheiro-família, com muito mais conforto e adequações às necessidades das famílias; reformamos seis das oito quadras de tênis – sendo que a drenagem foi o principal foco no saibro; trocamos o carpete do campo society, instalamos um cinturão de borracha ao redor da piscina social, de forma a melhor proteger os usuários – em especial, as crianças – e providenciamos inúmeras pequenas intervenções por toda a sede.

No próximo triênio, teremos disponibilidade para implantar mais uma série de modificações que servirão para aproveitar melhor o potencial do nosso espaço de73 mil m2, na região mais nobre da cidade. Seguem nossas propostas:

  • Melhora das opções de alimentação na sede social, com a inauguração de restaurantes de primeira linha no 2º andar, em parceria com a iniciativa privada, e melhor qualidade e variedadedos lanches disponíveis nos bares;
  • Piscina Olímpica 01: destinada exclusivamente aos atletas, com reforma na arquibancada de cimento;
  • Piscina Olímpica 02: melhorias na área externa, arquibancada e deck;
  • Parque Aquático: melhoria nos pisos, reforma dos vestiários e do teto da pérgula;
  • Ginásio Claudio Coutinho: apresentação da reforma estrutural, com nova pintura, instalação de novos equipamentos e salas;
  • Ginásio Togo Renan Soares: revitalização da pintura interna, instalação de iluminação LED e reforma do telhado;
  • Ginásio Hélio Maurício: instalação de iluminação LED;
  • Parque Infantil: troca do tapete sintético e reforma dos brinquedos;
  • Campo de Futebol Society: ampliação da tela de proteção, instalação de iluminação LED e de placar manual, colocação de mesa de sinuca abaixo da arquibancada, estudo de viabilidade de bar dedicado;
  • Instalação de academia de musculação de primeira linha, de mais de 1.000 m2, para uso exclusivo dos associados (em parceria com a iniciativa privada);
  • Quadra Externa de Futsal (Quadra Adílio): instalação de cobertura;
  • Campo Social: instalação de iluminação LED para jogos noturnos das categorias de base;
  • Quadras de Tênis: reforma completa das duas quadras de cimento, que devem ganhar cobertura, instalação de iluminação LED, novos bancos, troca de alambrados. Além disso, o setor vai receber reforma dos banheiros e vestiários, colocação de placar manual móvel e criação de duas novas quadras quando do início das obras da Arena Multiuso, em fase de aprovação pelo Município;
  • Praça Carlinhos: reforma do piso e dos banheiros, revitalização dos jardins e melhoria na iluminação;
  • Construção de Quadra Coberta: transformação das pistas de bocha em quadra de minibasquete, minivôlei e minifutsal, destinada ao público infantil.
  • Promover e aprimorar eventos, encontros e festividades, em especial voltadas para crianças e terceira idade;
  • Novas instalações de convívio social, previstas para o 1º andar da sede social: Salão de jogos (totó, pingue-pongue e videogames), brinquedoteca, Sala de Leitura, Sala de carteado, Copa Baby e ampliação do Museu.

 

3EZDIAyuInfelizmente, vemos que o trabalho feito no Fla-Gávea durante este período foi um dos pontos fracos da atual administração.  Teremos muito a fazer na nossa sede social. Vamos aproveitar melhor os amplos espaços que existem e revitalizar as áreas já construídas. Temos que efetivamente discutir com os associados um plano máster para a Gávea. Quando o plano estiver concluído, a Gávea, dada a sua área e a sua localização, se transformará num dos mais modernos e desejados clubes sócio-esportivos do país.

 

Pretende melhorar o nível de serviços realizados no Fla-Gávea? Se sim, como?

 

Zg3CmT6HO Flamengo tem como objetivo social expresso, incentivar e desenvolver encontros de caráter desportivo, cultural, social, cívico e recreativo. O clube, portanto, deve estar preparado para promover a reunião dos seus associados, sempre atento à postura adequada de seus funcionários e dirigentes, à boa comunicação, a saber identificar as necessidades dos associados e a buscar resolver os problemas com cordialidade, zelo e eficiência.

Atender o associado com excelência é uma obrigação e, não por outro motivo, merece destaque dentre as diretrizes do nosso Plano de Metas.

Com efeito, não basta cuidar das instalações físicas da nossa sede social, é preciso também receber e atender bem todos os integrantes do nosso quadro associativo e seus convidados. Para o próximo triênio, assumimos o compromisso de desenvolver as seguintes metas:

  • Capacitar os funcionários responsáveis pelo atendimento aos associados, com treinamento em inglês/espanhol básico, atendimento ao público;
  • Aperfeiçoamento da comunicação interna, mostrando oportunidades de retenção, quitação de dívidas, oportunidades para upgrade de categoria social, serviços da secretaria;
  • Aprimoramento da Secretaria Unificada, que recentemente reuniu a Secretaria-Geral, a de Esportes Olímpicos, a de Remo e a de Tênis, para comodidade dos associados e consistência das informações prestadas;
  • Aprimoramento e requalificação dos serviços de Ouvidoria do Clube;
  • Desenvolvimento e divulgação das funcionalidades do “Portal do Sócio” para que os associados consigam ter suas necessidades integralmente atendidas de forma remota, se necessário;
  • Realocação de todos os professores que estão em funções administrativas, para diminuir a “lista de espera” na matrícula das escolinhas;
  • Implantação de campanhas para antecipação de receitas, em que os associados poderão pagar com antecedência suas mensalidades do ano, com descontos atraentes;
  • Criação de plano para fidelização do associado contribuinte, com pacotes semestrais ou anuais e descontos, visando diminuir a sazonalidade da categoria;
  • Investir e aprimorar a política e as ações para parcelamento dos débitos dos associados, de modo a reintegrar os associados temporariamente inadimplentes à vida social e gerar receita para o clube;
  • Ampliação do quadro associativo, através de campanhas e investimentos em material publicitário. Além da melhora na divulgação das categorias e seus benefícios, ofereceremos maior facilidade e diversidade dos meios de pagamento;
  • Dar continuidade ao processo de desburocratização do atendimento ao associado.

 

3EZDIAyuClaro que sim. Este é outro ponto que deixou muito a desejar no trabalho feito para o Fla-Gávea nos últimos três anos. Temos uma equipe interna composta por um bom número de funcionários. Quantidade não é o nosso problema e sim a gestão de pessoal. Devemos investir neste time, dando maior treinamento e qualificação. Eles devem vestir a camisa do clube, tendo orgulho de trabalhar no Flamengo. Com isso, a qualidade do serviço vai aumentar sensivelmente e teremos nossos sócios sendo atendidos realmente como merecem. Além disto, faremos um amplo trabalho de qualificação e cobrança junto aos atuais concessionários contratados, aumentando o padrão de qualidade para os serviços e os produtos oferecidos. O trabalho de melhoria nos serviços do Fla-Gávea será uma prioridade absoluta na nossa gestão.

 

Como sua Chapa pretende estimular a vinda de associados para aproveitarem mais a sede social?

 

Zg3CmT6HCom as melhorias nas instalações e no nível de serviço da sede que descrevemos, traremos o associado e novos associados de volta ao clube.

 

3EZDIAyuA melhoria das instalações e a prestação de bons serviços – como já falamos anteriormente – com certeza vão fazer com que os associados passem a  frequentar mais nossa sede. Além disto, temos um planejamento já desenvolvido para incrementar as atividades sócio-esportivas dentro do clube, com a realização de eventos de interesse dos sócios. Algumas áreas hoje não aproveitadas, tais como espaços no prédio da administração, devem ser abertas para os sócios realizarem atividades sociais (especialmente para a terceira idade). Além disto, nossas quadras esportivas podem ser objetos de torneios voltados para nossas crianças/adolescentes – estimulando a boa prática do esporte.  Ampliar e melhorar a área infantil (previstas no nosso planejamento para os espaços do clube) também ajudarão na presença de mais sócios no clube. Ou seja, o estímulo da vinda do associado se fará através não apenas de uma ação e sim por uma série de atividades – muitas delas não exigirão grandes investimentos financeiros para o clube e sim apenas um processo de trabalho bem feito.

 

Sua Chapa pretende realizar iniciativas para rentabilizar mais o Fla-Gávea, para reduzir seu déficit? Quais?

 

Zg3CmT6HCom as melhorias que pretendemos implementar iremos estimular o associado a frequentar mais a nossa sede, e iremos trazer novos associados para o clube, fazendo com que aumente a receita direta e indireta do Fla-Gávea. Também seguiremos recebendo eventos corporativos em nossos espaços, mediante contrapartidas interessantes ao Clube, como tem acontecido nesse triênio.

 

3EZDIAyuO déficit operacional do Fla-Gávea deve ser analisado com uma visão mais ampla. Na nossa administração, vamos repensar algumas alocações de despesas e receitas para ter uma noção mais clara sobre o tamanho do déficit. Certamente algumas ações ajudarão no processo de receita: o estimulo às escolinhas, a busca de empresas patrocinadoras para os espaços e eventos dentro do clube, a renegociação de contratos com as concessionárias visando melhores condições para o Flamengo, entre outros. Uma coisa é certa: com as melhorias que faremos nos serviços e equipamentos do clube, teremos um Fla-Gávea mais frequentado por sócios/convidados. Com mais atividade interna, o clube ganhará mais atratividade e certamente gerará mais receita. É nisto que estamos apostando. Para nós, a simples solução de venda de novos títulos deve ser vista com muito cuidado, já que esta ação tende a desvalorizar os títulos atualmente em poder dos sócios (lei da oferta e da procura).

 

Sua Chapa pretende aumentar a mensalidade ou o valor dos títulos? Qual a política a ser adotada?

 

Zg3CmT6HNão temos previsão de aumentar a mensalidade em breve. Acreditamos que a sede deve atrair mais associados com as novidades programadas para os próximos anos. Sobre novos títulos, defendemos a democratização do Clube e, por essa razão, somos a favor da oferta de títulos de proprietários, como fizemos recentemente. No entanto, não há qualquer estimativa sobre mudança nos valores praticados até aqui.

 

3EZDIAyuNum primeiro momento não aumentaremos o valor dos títulos. Na realidade, como dissemos acima, não temos como planejamento inicial a venda de novos títulos. Na nossa visão, temos antes que trabalhar na melhoria das instalações e na prestação de um serviço melhor para os atuais sócios. Com isto sendo feito, os atuais títulos – em poder dos sócios – vão ser mais demandados, possibilitando assim um ganho financeiro para aqueles sócios que desejem vendê-los. Quanto às mensalidades, trabalharemos com o conceito de equilíbrio orçamentário. Uma coisa é certa: temos total consciência do momento difícil pelo qual está passando nosso país e sabemos como isto afeta o dia a dia das famílias. Infelizmente, nossos sócios também sofrem com isso. Sendo assim, nossa ideia é a de não aumentar nenhuma mensalidade acima da inflação do período. Para se conseguir isto, fazendo as melhorias tão necessárias ao clube, vamos trabalhar com atenção total para evitar desperdícios e custos inadequados. Vamos fazer mais com menos. Este é o tipo de experiência que nosso Grupo vivencia, com sucesso, na administração de suas empresas. Não será diferente no Flamengo.

 

Sua Chapa pretende aproveitar o espaço do Fla-Gávea e realizar políticas de aproveitamento de água de chuva, utilização de energia solar, e demais políticas ambientais?

 

Zg3CmT6HA própria legislação ambiental municipal já prevê isso, a construção da Arena já considera o aproveitamento da água, que facilitará, inclusive, a mitigação de enchentes no entorno da Gávea. Sustentabilidade e aproveitamento responsável dos recursos naturais foi uma preocupação do nosso primeiro mandato e isso será mantido no segundo tempo de nossa gestão.

Em 2015, contratamos uma consultoria especializada em redução desperdício de água e conseguimos uma redução considerável. Infelizmente, a revisão de tarifas da concessionária acabou impedindo que essa economia se refletisse também em diminuição expressiva de despesa.

Quanto à energia solar, entendemos que essa tecnologia ainda é cara e sua implantação na Gávea parece algo distante. Contudo, sendo financeiramente viável, vemos com bons olhos essa e outras medidas.

 

3EZDIAyuSem dúvida. Esta ação é algo moderno, socialmente responsável, eficiente e que vai imprimir uma imagem positiva para o clube como um todo. O plano máster da Gávea vai contemplar todas as iniciativas sustentáveis e que contribuam para o meio-ambiente. Já chegamos a ter conversas a este respeito com um executivo nosso apoiador. Existe a possibilidade que consigamos apoio externo para este tipo de ação. Vamos trabalhar nesta linha tão logo sejamos eleitos.

 

Descreva como encara o que seria o Fla-Gávea ideal para a Chapa. Em termos de estrutura, utilização social, aproveitamento do espaço, etc.

 

Zg3CmT6HNo próximo triênio, implantaremos mais uma série de intervenções para aproveitar ao máximo o potencial do nosso privilegiado espaço de 73 mil m2. Sobre as intervenções específicas que serão feitas para oferecer mais e melhores alternativas esportivas e de lazer aos nossos associados, as propostas estão descritas na resposta ao item 2 desse questionário.

 

3EZDIAyuO Fla-Gávea é um espaço espetacular, com 73 mil metros quadrados numa das áreas mais valorizadas do país. Fazendo curta uma resposta que, dada sua amplitude, tomaria várias páginas, diríamos que o Fla-Gávea tem um potencial enorme pouquíssimo aproveitado. Hoje nossa área não se encontra integrada. A parte vista como social do clube fica limitada ao redor da piscina e do campo de futebol society. Grandes áreas, especialmente próximas do campo/estádio são mal aproveitadas e com uma presença pequena de atrativos para os sócios. Esta integração, com o oferecimento de serviços e atrações nestes locais hoje pouco utilizados, vai fazer com que tenhamos um clube muito mais interessante para os sócios. Nosso plano máster, que leva em conta a pesquisa que foi realizada com os associados, está trabalhando exatamente neste pensamento de integração das áreas.

 

Como sua chapa pretende lidar com o atual monopólio do serviço de alimentação que dificulta a oferta de alimentos para consumo dos associados?

 

Zg3CmT6HEsse assunto já está sendo conduzido pelo nosso Departamento Jurídico a fim de acharmos uma solução benéfica para todos. Nossa pretensão é melhorar a prestação deste serviço, com o aumento de opções à disposição dos associados e atletas.

 

3EZDIAyuO contrato entre o Flamengo e o atual concessionário está sendo discutido judicialmente. Sem dúvida vamos fazer valer o direito do clube, sempre com o objetivo de oferecer serviços e produtos de maior qualidade ao associado, além de receber um valor justo e de mercado pela exploração do espaço nobre que nosso clube tem. O foco nesta negociação será sempre o melhor para o sócios.

 

Como sua chapa pretende resolver o problema de alagamento que ocorre dentro do clube, principalmente no vão principal, em período de chuva intensa?

 

Zg3CmT6HPara uma solução definitiva iremos fazer uma reforma nos dutos de escoamento de água.

 

3EZDIAyuO Fla-Gávea tem muitas obras a serem feitas. Este tipo de problema ocorre em várias partes do clube. A ideia é contratar uma empresa especializada para estudar uma solução definitiva para o problema.

 

Sua chapa pretende criar iniciativas culturais como cinema, teatro, biblioteca?

 

Zg3CmT6HConforme já descrevemos, iremos implementar as seguintes atividades:

 

  • Promover e aprimorar eventos, encontros e festividades de interação social, em especial voltadas para crianças e terceira idade;
  • Novas instalações de convívio social, previstas para o 1º andar da sede social: Salão de jogos (totó, pingue-pongue e videogames); Brinquedoteca; Sala de Leitura; Sala de Carteado; Copa Baby; e ampliação do Museu.
  • Retomada do “Clube do Saber Rubro-Negro”, iniciativa muito interessante e bem-sucedida no começo da gestão – em que convidados rubro-negros de renome e destaque nos campos de Literatura, Artes e Cultura realizavam palestras no Salão Nobre do Clube.

 

3EZDIAyuIsto se insere no conceito de oferecer mais serviços para os sócios – conforme o respondido anteriormente. O Flamengo tem vários espaços subutilizados. O Fla Gavea, nestes últimos três anos, infelizmente, não atentou a isto. A partir de janeiro, na nossa administração, vamos montar um departamento de eventos que vai realizar ações alinhadas aos objetivos dos sócios (definidos por pesquisas internas). Estas iniciativas, algumas muito baratas, outras que exigirão um investimento maior, podem e devem ser executadas mediante a apoios externos ou mesmo com a mobilização dos próprios associados. Uma coisa é certa: o vice-presidente do Fla-Gávea de nossa chapa será uma pessoa de vivência e atuante no clube e terá a sensibilidade para atuar diretamente no que for de maior interesse para os sócios.

 

Flamengo é um clube eminentemente esportivo. Sua Chapa tem intenção de torná-lo mais “social” com espaços e serviços para mulheres, crianças, idosos? Se sim, quais?

 

Zg3CmT6HConforme já descrevemos, iremos implementar as seguintes atividades:

 

  • Promover e aprimorar eventos, encontros e festividades de interação social, em especial voltadas para crianças e terceira idade;
  • Novas instalações de convívio social, previstas para o 1º andar da sede social: Salão de jogos (totó, pingue-pongue e videogames); Brinquedoteca; Sala de Leitura; Sala de Carteado; Copa Baby; e ampliação do Museu.

 

3EZDIAyuÉ óbvio que o Flamengo é a maior referência de esportes no país. Isto é motivo de orgulho para todos nós. Agora, nosso Flamengo também é uma referência social. São milhares de sócios aptos a frequentar nosso clube. Famílias se reúnem neste espaço. Muitos cresceram e se formaram dentro do Flamengo. Ou seja, o Flamengo é um enorme clube sócio-esportivo. Com este pensamento, é claro que temos que proporcionar eventos sociais, um serviço de qualidade e boas áreas de lazer aos associados. Como mencionado já nas diversas respostas anteriores, vamos ampliar a prestação e a qualidade dos serviços, vamos melhorar os equipamentos e as áreas do clube, vamos criar um trabalho forte em eventos e vamos desenvolver um programa de voluntários de terceira idade que identifique problemas e receba sugestões/críticas dos associados sobre o funcionamento do clube. O Fla-Gávea em nossa gestão vai ser muito mais bem cuidado.

 

Esportes Olímpicos

O VP atual de Esportes Olímpicos, Alexandre Povoa, publicou carta onde criticou a pouca importância dada ao setor nas campanhas dos candidatos. Que tipo de prioridade e comprometimento você pode garantir para os Esportes Olímpicos no próximo triênio e o que pensa sobre o Ginásio Poliesportivo que está em processo de aprovação do poder público e, em breve, terá uma proposta de contrato com o McDonald’s?

 

Zg3CmT6HDiferentemente das demais chapas, a Chapa Azul dá e dará toda a prioridade que os Esportes Olímpicos merecem no Clube. O FlaBasquete, nossa modalidade tão vitoriosa neste triênio – apelidado carinhosamente de Orgulho da Nação – continuará recebendo investimentos para que consolide sua liderança, a Natação voltando a ter atletas de ponta treinando no clube, a Ginástica retornando às suas vitórias e sendo autossustentável, o Judô com um novo dojô de padrão de excelência e o Remo retornando ao seu caminho de investimentos. A Chapa Azul pensa que a Nova Arena Multiuso da Gávea é de suma importância – não só para o Clube, mas para a cidade, que carece de um equipamento de médio porte para a realização de eventos esportivos. Será um legado inequívoco as próximas gerações de Rubro-Negros, se tornando o nosso “caldeirão” nas diversas modalidades que abrigará. Continuaremos a busca, junto à Prefeitura, das licenças que ainda são necessárias para o início das obras.

 

3EZDIAyuTemos um enorme carinho e admiração pelo nosso companheiro Alexandre Póvoa. Na realidade, ele, depois da nossa eleição em 2012, foi um dos primeiros a ser convidado pelo nosso Grupo para a área de esportes olímpicos (num encontro com o Bap). Entendo que a carta que ele fez foi uma maneira de colocar o tema novamente nos holofotes. Na realidade, poucas vezes os esportes olímpicos do Flamengo tiveram tanto apoio das demais áreas do clube. Vejamos alguns exemplos disto: Rodrigo Tostes, o vice-presidente de Finanças da nossa Chapa, trabalhou incessantemente para conseguir as CND’s que permitiram o acesso à lei de incentivo e que trouxeram várias empresas para o apoio aos esportes olímpicos do clube; Bap, o vice-presidente de Marketing da Chapa Verde, conseguiu um recorde de patrocínios para o nosso basquete, em especial com a vinda da Tim e da Sky. O orgulho da Nação conseguiu dinheiro suficiente para poder trabalhar tranquilo e nos dar tantas alegrias; Gustavo Oliveira, nosso vice-presidente de Comunicação, conseguiu colocar nosso basquete, em especial, e os esportes olímpicos em geral, com uma presença na mídia extremamente forte. Isto tudo foi conseguido com muito esforço e dedicação. Na realidade sabemos a história e a tradição dos  esportes olímpicos no Flamengo. Não se pode esquecer que o remo é o esporte fundador do clube. Para nossa gestão, continuaremos com este apoio, seja através de projetos de captação via incentivos fiscais, seja pela busca de equipamentos oriundos do legado dos Jogos Olímpicos, seja pelo trabalho no sentido de melhorar os campeonatos e torneios de cada esporte, visando atrair mais público. Nosso grupo é formado por gente que fez muito e sabe o que fazer. Vamos trabalhar para isto. Quanto ao ginásio, esta é uma discussão muito interessante. É claro que somos totalmente favoráveis a que o Flamengo tenha o seu ginásio, moderno, confortável e de última geração. E ele terá. O ponto é que este processo se arrasta há mais de quatro anos, sempre com um problema novo aparecendo. A situação que tenta se vender é a de que isto é algo de simples resolução e que já está quase resolvido. Isto, infelizmente, não está correto. A arena, como está pensada hoje, ainda não foi aprovada pelo Governo e o investimento previsto para o McDonald’s também está em negociações. Em vista disto, a nossa Chapa está buscando possibilidades novas para que efetivamente concretizemos o sonho de termos rapidamente uma arena para o clube. Quer seja na Gávea, quer seja em outro local. Trabalhar apenas com uma alternativa pode acarretar na não conclusão, fazendo com que o clube perca a chance de ter este importante ativo. Isto não é inteligente e não é o melhor para o nosso clube. Aos críticos de um ginásio nosso  fora da Gávea, vale lembrar que o Maracanã também é fora da Gávea e é uma das opções de estádio para o Flamengo.

 

Sua Chapa pretende revitalizar outros esportes coletivos, tornando-os competitivos nacionalmente a nível profissional, como o vôlei e futsal?

 

Zg3CmT6HCertamente. A infraestrutura para o vôlei modalidade foi incrementada com a compra de equipamentos e reforma na quadra e vestiários do Ginásio Togo Renan Soares (Kanela). O Futsal acompanha o mesmo caminho. Vale ressaltar que ambas as modalidades também fariam usufruto da Nova Arena Multiuso. Uma vez que já avançamos em infraestrutura para a base nesses esportes e poderemos ter uma casa para equipes profissionais, um passo seguinte seria reativar as equipes profissionais desses esportes. Contudo, nenhum passo será dado caso implique em risco para autossustentabilidade dos Esportes Olímpicos do Flamengo.

 

3EZDIAyuNo conceito que temos de responsabilidade financeira, a revitalização de outros esportes vai depender da captação de recursos para cada um deles. Vamos trabalhar muito para buscar recursos, mostrando aos potenciais investidores que o Flamengo é uma marca que traz grande retorno. Estamos desenvolvendo algumas estruturas para apresentar aos investidores. Dito isto, aproveitamos esta pergunta para lamentar a enorme oportunidade que a atual administração perdeu em razão da área de marketing não ter conseguido levantar a simples quantia de R$ 2 milhões/ano para viabilizar nosso time masculino de vôlei. A força da marca Flamengo, juntamente à presença no segundo esporte de maior audiência no país, tinha tudo para ser um grande sucesso promocional. Infelizmente, não se conseguiu vender um projeto relevante como este. Na nossa administração, voltaremos com este projeto para colocá-lo efetivamente de pé.

 

Sua Chapa pretende manter a mesma política atual, em que os Esportes Olímpicos se sustentem sozinhos, através dos programas incentivados?

 

Zg3CmT6HQuando do início desta gestão, os Esportes Olímpicos passavam por uma situação tenebrosa e calamitosa: R$ 19 milhões em despesas e apenas R$ 2 milhões de receitas, gerando um absurdo déficit anual de R$ 17 milhões. Muitos dos nossos atletas sequer utilizavam a Gávea para treinar – apenas para eventos festivos ocasionais. A equipe de basquete estava sem receber seus salários, o Ginásio Claudio Coutinho vinha de um incêndio, a piscina olímpica vazava água, a academia de treinos de força beirava o insalubre e o dojô era vergonhoso. Atualmente, o cenário é completamente diferente: os Esportes Olímpicos passaram a ser autossustentáveis, com ginásios, quadras e dojô reformados e de alto nível, além conquistas expressivas como o Mundial Interclubes da FIBA.

Financeiramente, foram elaborados projetos a partir das leis de incentivo ao esporte: IR, ICMS, CBC, Lei Pelé, e o Anjo da Guarda, que só foram possíveis através da conquista e manutenção das CNDs, todos com bom nível de sucesso que cambiaram a realidade da pasta dos Esportes Olímpicos, deixando de requerer receitas do Futebol para ser gestora de seu próprio orçamento. No próximo triênio, o objetivo é seguir transformando o clube a ponto de sua autossustentabilidade ser uma realidade permanente. Trabalhamos para que a própria imagem de um Clube íntegro, cidadão, formador e eficiente seja suficiente para atrair os investidores dos projetos incentivados e patrocínios privados, sem deixar vácuos entre os anos fiscais.

 

3EZDIAyuSem dúvida este deve ser o caminho para o esporte brasileiro – não só para o Flamengo. A nossa filosofia de trabalho para o Flamengo como um todo, e que serve para os esportes olímpicos, é a de que eles devem ser autossustentáveis. Nós sabemos  da força da marca Flamengo e do time de profissionais/executivos que compõe a nossa chapa. O trabalho deste grupo em abrir portas, montar apresentações importantes, conhecer bem os interesses e demandas do mercado certamente vai possibilitar que isto aconteça. No período em que estivemos comandando o Flamengo, tivemos o basquete como o exemplo mais visível do sucesso deste pensamento.

 

Se sua Chapa for eleita pretende manter Alexandre Póvoa como VP de Esporte Olímpico e Marcelo Vido como Diretor? Se não, quais as suas opções?  

 

Zg3CmT6HSem dúvida, o Alexandre Póvoa e o Marcelo Vido são pessoas que demonstraram toda competência e capacidade de entrega e têm que ser mantidos. Ambos lideram uma grande revolução no clube, com a implementação do projeto CUIDAR (Centro Unificado de Identificação e Desenvolvimento de Atletas de Rendimento), que norteará a ação dos Esportes Olímpicos baseada na ciência do esporte e na tecnologia, integrando inteligência, medicina/saúde preventiva, psicologia, fisiologia, fisioterapia e preparação física.

 

3EZDIAyuComo já nos referimos anteriormente, fomos nós que indicamos o Póvoa para compor o grupo de vice-presidentes que iniciou esta gestão. Nestas eleições, novamente fizemos o convite para Alexandre Póvoa continuar. Além dele , o Marcelo Vido vem fazendo um excelente trabalho e vai continuar na nossa gestão.

 

Quanto ao remo e o tênis, a Chapa tem algum plano de melhoria, correção de rumo, propostas?

 

Zg3CmT6HPara o Remo, além da parceria estratégica com o Comitê Olímpico Britânico (BOA) e da construção de um centro de treinamento de força exclusivo para a modalidade, está em andamento um processo licitatório de leilão para trocar da flotilha (cerca de 50 barcos), buscando a excelência de nosso esporte fundador. O Flamengo precisa reassumir seu papel de liderança nacional na modalidade, indo além da rivalidade local, além de desenvolver estratégias de visibilidade e atração do público jovem para o esporte.

Quanto ao Tênis, é um setor de suma importância: vamos realizar a reforma completa das duas quadras rápidas – que devem ganhar cobertura. Também vamos instalar iluminação LED em todas as oito, trocar os bancos e alambrados, reformar os banheiros e vestiários, colocar placar manual móvel e realocar duas novas quadras quando iniciarmos as obras da nova Arena Multiuso.

 

3EZDIAyuO remo é muito importante para nosso clube. É a nossa origem e isto não pode ser esquecido. Por isso, lamentamos profundamente termos, nos últimos anos, perdido a hegemonia neste que era o esporte no qual tivemos muitas e muitas vitórias. A administração Bandeira de Mello, infelizmente, fracassou com o remo – sendo talvez o único presidente que não ganhou um título estadual em sua gestão.

Dito isto, queremos deixar claro que temos um plano pronto para aumentar a exposição do remo e a médio prazo conseguir captar recursos. Em paralelo, estamos trabalhando para que o remo do Flamengo possa adquirir os equipamentos que porventura as delegações estrangeiras tenham interesse em deixar como legado olímpico. Com isso, vamos propiciar aos nossos atletas equipamentos de última geração para competir. Em relação ao tênis, já recebemos excelentes sugestões dos diversos associados que praticam este esporte. Vamos  melhorar sensivelmente esta área do clube. Notamos claramente que falta diálogo da atual administração com esta área importante do clube. Vamos corrigir isto, desenvolvendo ações que incentivem a prática desta atividade, tais como a criação de torneios internos e a reforma de quadras e dos vestiários. O tênis é um dos setores que, dada suas características, pode vir a receber patrocínios de empresas que sejam revertidos nestas melhorias.

 

Quanto às escolinhas, a Chapa tem planos de melhorias e desenvolvimento? Quais?

 

Zg3CmT6HAs escolinhas do clube tiveram que passar por uma mudança de mentalidade: antes, as crianças não possuíam nem mesmo uniforme e precisavam levar seus materiais e equipamentos (como bolas, por exemplo) para suas atividades, os professores eram terceirizados e a integração com a base dos respectivos esportes era inexistente. Foi fundamental repensar o modelo, vislumbrando um sistema integrado, em que a Escola de Esportes Sempre Flamengo estivesse organizada, com professores do clube, sendo por fim um elemento motivador de alunos para as equipes de base. Tivemos, então, um aumento de cerca de 30% dos alunos inscritos, com um grande salto de qualidade. Para o próximo triênio, devemos buscar torná-la cada vez mais atrativa, buscando criar um ciclo virtuoso em que escolinha, base e equipes profissionais estejam plenamente integrados, com os alunos se percebendo como parte disso, motivados por também estarem ao lado dos profissionais.

 

3EZDIAyuO Flamengo vai manter todas as atividades que hoje já são praticadas na Gávea. O foco tem que ser aprimorar o nível e a qualificação dos professores da escolinha e dos treinadores das equipes, bem como uma reavaliação da remuneração destes profissionais. As escolinhas são uma fonte imensa de talentos.

 

Como a Chapa visualiza a situação dos Esportes Olímpicos ao final de 2018?

 

Zg3CmT6HAs metas de excelência de performance competitiva que devem nortear os Esportes Olímpicos do Clube no próximo triênio devem ser do tamanho do clube: estar entre o dois primeiros colocados em todas as modalidades e respectivas categorias nos campeonatos regionais e, pelo menos, entre os cinco primeiros nos nacionais. O objetivo primordial, no médio prazo, deve ser nos tornarmos os maiores formadores de atletas olímpicos do país, com equipes profissionais fortes e competitivas em todas as modalidades em disputa. Devemos ter o protagonismo no cenário nacional, tanto no que tange à educação esportiva, quanto em relação às conquistas obtidas por nossos atletas. Em resumo, queremos que o Flamengo alcance definitivamente o patamar de referência nacional e mundial, exercendo uma liderança natural pela sua capacidade, tamanho e tradição nos Esportes Olímpicos frente aos demais clubes e também às ligas e confederações.

 

3EZDIAyuJá para 2016 o Flamengo precisa ser um dos três maiores clubes fornecedores de atletas, passando a ser ao menos o segundo para 2020. Vamos focar nas divisões de base dos esportes nos quais já somos fortes: basquete, judô, ginástica olímpica, ginástica artística, polo aquático, nado sincronizado, natação e vôlei. O investimento nas equipes de ponta dependerá de financiamento. Temos que manter a autossuficiência e aproveitar os recursos da Lei Pelé, da Lei de Incentivo Fiscal, da Escola de Esportes e de patrocínios. Vamos continuar a reaproximação com ex-atletas laureados do clube e manter a reforma dos equipamentos da Gávea.

 

A Chapa pretende avançar na questão de parcerias com entidades olímpicas internacionais para desenvolvimento das modalidades suportadas pelo clube?

 

Zg3CmT6HVisando as Olimpíadas de 2016, o contrato com o Comitê Olímpico Americano (Usoc) foi completamente reformado. Pelo acordo anterior, o Flamengo receberia um aluguel de U$ 300 mil e deveria arcar com todas as despesas de reformas por serem feitas na sede. O ônus financeiro seria altíssimo. Além disso, os associados teriam uma série de limitações de horários para utilizar as dependências. Com o novo contrato, passamos a receber quatro vezes mais recursos e seu conceito foi revisto para representar uma verdadeira parceria. Não restringimos a parceria ao aluguel de espaços e equipamentos: recentemente, treinadores e atletas Rubro-Negros tiveram períodos de intercâmbio nos Estados Unidos – já nessa linha de estender a troca de conhecimento com a maior potência olímpica do mundo.

Cabe ressaltar também a já mencionada parceria estratégica com o Comitê Olímpico Britânico (BOA) para o Remo, que também prevê essa parceria com atletas e treinadores da modalidade, o que contribuirá para o fortalecimento do clube.

 

3EZDIAyuSem dúvida. Já existe um entendimento com a entidade olímpica americana no sentido de qualificar nossos atletas e profissionais através de intercâmbio e transmissão de conhecimento. Vamos buscar entidades de outros países para que possamos cada vez mais desenvolver nossas equipes.

 

Como a Chapa pretende trabalhar com os Esportes Olímpicos em 2016, ano de Olimpíada? O que espera alcançar de positivo com este evento?

 

Zg3CmT6HO clube pretende ter um número significativo de atletas no Time Brasil já nas próximas Olimpíadas de 2016. Ainda assim, o foco não pode ser somente o ano olímpico – como ocorria em outros períodos. Nossa busca é de excelência no curto prazo, no médio e no longo, buscando um clube verdadeiramente formador e de ponta nos Esportes Olímpicos. Não buscamos um bom desempenho apenas para as Olimpíadas de 2016, mas também para as seguintes, através de um trabalho estruturado na formação de atletas de excelência no clube – treinando na Gávea e servindo como exemplo para os mais novos.

Lembramos que os acordos com o Comitê Olímpico Americano (Usoc) e o Comitê Olímpico Britânico (BOA) permitirão um grande intercâmbios com os atletas daqueles países, trouxeram para nosso Clube investimentos superiores a R$ 14 milhões em infraestrutura na sede para compra de equipamentos e aparelhos, além de reformas nos ginásios e centros de treinamento – um legado não só para atletas e comissões técnicas, mas para todos os associados, que poderão usufruir dessa nova estrutura modernizada.

 

3EZDIAyuEsperamos aproveitar, de maneira eficiente e sem desperdício, os enormes investimentos feitos nos equipamentos olímpicos trazidos e construídos para a nossa cidade. Já estamos trabalhando em propostas de ação a serem apresentadas à Prefeitura do Rio, ao Exército e ao COB,  visando à parceria do clube em vários equipamentos olímpicos, tais como as arenas da Barra da Tijuca ou de Deodoro, onde poderão jogar nosso time campeão mundial de basquete e, futuramente, o time de vôlei que iremos montar. Tem ainda a piscina olímpica, para o incremento da natação, além de materiais importantes para a  ginástica olímpica, o remo e entre muitos outros possíveis.

 

 



O Mundo Rubro Negro agradece a colaboração, boa vontade, senso de responsabilidade e, sobretudo coragem, de todas as Chapas, por não deixarem de expor aqui seus planos de governo.

Não esqueçam de entregarem o próximo bloco de perguntas. O tema central é Política.

Obrigado!

Leia a nossa cobertura das eleições do Flamengo.

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!