Após a coletiva de apresentação do meia argentino Darío Conca, o chefe do Departamento Médico do Flamengo, doutor Marcio Tannure, falou sobre as perspectivas para a recuperação do jogador, que sofreu uma lesão grave no joelho em agosto, e do significado de ele ter escolhido o Flamengo para esse processo. Além da equipe chefiada por Tannure, Conca contará com o apoio de dois profissionais contratados pelo clube chinês Shanghai SIPG, que o emprestou por um ano ao Flamengo, na recuperação: o preparador físico Ronaldo Torres, que já trabalhou no Flamengo, e um fisioterapeuta. Veja os principais pontos da entrevista de Tannure:

Confiança no Flamengo

É uma situação um pouco inusitada para a gente. É a primeira vez que acontece. No início da pré-temporada a gente vem aqui falar sobre um projeto, um trabalho de recuperação e de reabilitação de um atleta (recém-contratado). Eu ouvi muitas pessoas dizerem que seria um desafio, mas eu acho que ele ter vindo para cá é muito mais um reconhecimento do nosso trabalho, de tudo que foi feito no ano passado, de todos os números que nós apresentamos, junto com o esforço da diretoria, do que a gente construiu no Flamengo. A maneira que ele veio, sem custo pro clube, o jogador que ele é, o que representa, poderia escolher qualquer lugar para se recuperar, e se ele escolheu o Flamengo é porque ele confia plenamente que a gente tem as condições necessárias para que o recupere. E se nós aceitamos que ele viesse é porque também nós acreditamos que temos todas as condições necessárias para que a gente coloque o Conca para voltar a jogar o seu futebol.

Prazo da recuperação

Não gostaria de falar em prazo, e sim em etapas. O jogador que vem de uma lesão como o Conca vem precisa passar por certas etapas até estar apto a jogar futebol novamente plenamente. Se ele cumprir essas etapas estabelecidas para ele, que já foram conversadas com o staff dele que veio acompanhar, se a gente cumprir isso antes do tempo previsto, não tem porque segurar ele, não liberar. Se ele demorar um pouco mais para cumprir essas etapas, a gente não vai em nenhum momento expor o jogador a uma recuperação precoce, que isso venha a acarretar um risco futuro. A principal causa de novas lesões é uma lesão que não é bem tratada.

Novidade para Conca

Como o Conca mesmo falou, é a primeira lesão grave dele, então além de ser uma situação nova para a gente de a gente estar começando a temporada com um atleta, não como vários do ano passado que a gente teve um histórico de lesão e a gente conseguiu recuperar todos eles, mas a gente está tendo um atleta realmente com lesão. Então para a gente dar um prognóstico para vocês, nós temos que entender como funciona o corpo do Conca, como ele se reabilita, na individualidade de cada um. E o próprio Conca mesmo, porque ele não tem histórico de lesão, então isso é uma coisa nova para ele também. O que a gente pode afirmar e garantir para vocês é que a gente vai fazer todo o esforço necessário. O Flamengo tem hoje toda a estrutura necessária para que ele possa se recuperar. Não teria nenhum outro lugar que tivesse condições melhores. Pode ter até condições iguais, mas não melhores. E todo esse esforço, não só nosso, mas da comissão técnica, e da diretoria foi feito para que a gente recuperasse ele o mais rápido possível. E eu tenho certeza, pelo histórico do Conca, por tudo que ele tem demonstrado aqui, que também não vai faltar esforço dele para que ele volte o mais rápido possível, porque essa é a vontade dele.

Condições no retorno

O nosso esforço é para que ele se recupere plenamente. Nossa reabilitação é exatamente para isso. E por isso que a gente tem que ter paciência em alguns momentos e respeitar etapas, porque durante uma lesão dessas você acaba que cria um desequilíbrio muscular, você cria um desequilíbrio de biomecânica, de marcha, de movimento, que se não for corrigido durante essa etapa de recuperação são fatores que podem ser predisponentes para futuras lesões. Todo jogador que tem uma lesão grave e não é bem tratado, que esses desequilíbrios não são corrigidos, fica suscetível a ter mais lesões. Para isso que ele veio, e para isso é o nosso esforço, para que ele se recupere 100% e fique apto a disputar todas as partidas.


Etapas da recuperação

A primeira etapa, como tudo aqui no Flamengo, se inicia por uma boa avaliação. A gente tem que saber como ele está hoje, como se encontra a biomecânica dele, a amplitude de movimento do joelho. Para a gente poder fazer o planejamento do que quer para ele. E as etapas seguintes são ganho de movimento, fortalecimento muscular, trabalho gradual no campo de condicionamento físico, todas essas etapas têm que ser cumpridas antes de ele poder entrar num jogo. Ele pode cumprir num tempo mais curto ou num tempo mais demorado. Que ele passe por todos esses processos, que ele mesmo se sinta seguro e que nós possamos nos sentir seguros para que ele comece um jogo normalmente.

Trabalho nos EUA

Eu estive com Conca nos EUA, eu estive com o fisioterapeuta dele lá, a gente conversou muito sobre o que ele vinha fazendo. Ele estava na fase inicial de analgesia, de ganho de arco de movimento, começando a fazer alguns trabalhos de estímulo de musculatura. Infelizmente teve o período que ele teve que parar e retornar para cá, o que atrapalha um pouco a recuperação, mas a gente acredita que a gente consiga ganhar esse tempo e ele possa voltar, dentro de uma realidade que não exponha o jogador, o mais breve possível.

Companhia de Thiago Santos

O Thiago Santos numa partida beneficente teve uma fatalidade, teve uma lesão do ligamento cruzado anterior do joelho. Vai ser operado amanhã. Pelo menos o Conca vai ter nesse iniciozinho uma companhia no departamento médico. A gente espera que seja a única. É uma cirurgia que requer um pouco mais de tempo, em torno de seis meses essa recuperação, mas vamos fazer o máximo para que ele possa voltar o mais rápido possível.

 
O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.