Após emprestar Douglas Baggio e Trindade para o Ceará, o Flamengo definiu o destino de outros cinco jogadores formados na base que estavam emprestados durante 2016. O goleiro César, campeão da Copinha em 2011 e que passou o ano emprestado à Ponte Preta após não aproveitar a chance que teve de substituir Paulo Victor durante a recuperação do goleiro de uma grave lesão em 2015, deve ser cedido à Ferroviária de Araraquara para a disputa do Campeonato Paulista. César, de 24 anos, tem contrato com o Flamengo até o fim de 2018.

Já quatro outros jogadores formados na base e cujos contratos se encerravam nos próximos dias ou meses tiveram o vínculo com o clube rescindido: o meia-atacante Thomás, outro campeão da Copinha em 2011, que estava no Joinville; o volante Recife, que estava no Tupi-MG, o meia Rodolfo, emprestado ao Grêmio Osasco, e o atacante Igor Sartori, que estava no RB Brasil. O meia-atacante Rafinha deve ter seu empréstimo ao tailandês Thai Honda estendido.

O clube ainda define os destinos do zagueiro Rafael Dumas, dos meias Jajá e Lucas Mugin, dos atacantes Nixon, Cafu e Paulinho, do lateral Léo e do volante Luiz Antônio. Nenhum deles deve ser aproveitado pelo técnico Zé Ricardo em 2017. O volante Jonas está praticamente acertado com o Coritiba.