Nesta sexta-feira (16), em Manaus, foi realizada a Premiação do Brasileiro Feminino. O Flamengo, campeão da competição, emplacou dois premiados.

O evento alusivo ao Campeonato Brasileiro Feminino de Futebol 2016 premiou as melhores jogadoras e profissionais da competição. O Mengão, claro, teve seus representantes na premiação: a artilheira Larissa e o técnico Ricardo Abrantes.

A atacante Larissa, que infelizmente está de saída do Flamengo, recebeu o prêmio de “Melhor Jogadora do Brasileirão”. Ela disputou 10 jogos e anotou 8 dos 23 tentos marcados pelo Flamengo/Marinha. Foi a artilheira da equipe e vice-artilheira geral desta edição do campeonato – Millene, com 10 gols, foi a artilheira. Larissa recebeu um cheque no valor de 5 mil reais.

Larissa recebendo sua premiação. Foto: BRUNO KELLY/ALLSPORTS

Larissa recebendo sua premiação. Foto: BRUNO KELLY/ALLSPORTS

Já o Tenente Ricardo Abrantes, recebeu das mãos de Emily Lima, atual técnica da Seleção Brasileira Feminina, o prêmio de melhor técnico do Brasileirão. – Estou muito feliz com esse prêmio e quero dedicar as minhas atletas e à comissão técnica, sem eles não conseguiria chegar aqui. Além disso, quero aproveitar para desejar todo o sucesso à Emily, foi uma decisão muito acertada contratar uma mulher para o comando da Seleção Feminina – disse Ricardo ao site da Confederação Brasileira de Futebol.

Emily Lima e Tenente Abrantes. Foto: BRUNO KELLY/ALLSPORTS

Emily Lima e Tenente Abrantes. Foto: BRUNO KELLY/ALLSPORTS


 
Além de Larissa e Tenente Abrantes, duas atletas do Rio Preto (vice-campeão) também foram homenageadas no evento: Millene, a artilheira do campeonato, e Jéssica, detentora do gol mais bonito.

 

O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.