Após derrota no último sábado, Flamengo terá mais uma semana livre pra treinamentos antes do clássico de domingo



Pará foi um dos destaques da atividade. Lateral marcou 5 gols. (Foto: Flamengo Oficial - Gilvan de Souza)

Pará foi um dos destaques da atividade. Lateral marcou 4 gols. (Foto: Flamengo Oficial – Gilvan de Souza)

Depois de uma fraca atuação e derrota no sábado, dentro de casa, contra o Atlético Mineiro, o elenco retornou aos trabalhos na manhã desta segunda feira, no Ninho do Urubu. Uma manhã triste para o Clube, que perdeu um dos maiores de sua história. Carlinhos, aos 77 anos, faleceu. Nesta semana, ao contrário das anteriores, os treinamentos serão na parte da manhã, às 9:30.

Como já é de costume, os treinamentos das segundas após os jogos se iniciam na academia. Após aproximadamente uma hora de trabalho regenerativo, os atletas foram ao campo e começaram a atividade formando dois grupos e trabalhando o toque de bola rápido em campo reduzido, em dois toques sem baliza, com Cristóvão Borges cobrando agilidade e participação de todos.

Na terceira atividade do dia, elenco dividido em dois grupos com a presença de apenas dois titulares, Emerson e Pará, com o primeiro saindo rapidamente do treino sem motivo aparente até então. Neste caso, apenas três toques eram permitidos e haviam balizas para o treinamento de conclusões a gol, também em campo reduzido. Pelo time sem colete estavam Daniel, Pará, Bressan, Frauches, Mugni, Ayrton, Cirino e Paulinho. E no time com colete João Lopes, A.Pico, Thallyson, Marcelo, Jonas, Alan Patrick, Arthur Maia e Emerson Sheik. Cristóvão foi reduzindo o número de jogadores dos times no coletivo, que havia começado em 6 contra 6, terminou em 2 contra 2, com a intenção de aumentar a qualidade nas tabelas e incentivar a criatividade.

Antes do final das atividades de hoje, um rápido treinamento físico. O Flamengo retorna ao Ninho na manhã desta terça, também às 9:30.

@MRN_CRF