pernambuco


Rubenilson Pequeno –  Twitter: RubenilsonFLA

 

Domingo, 8h da manhã. Mês de janeiro com as prévias do carnaval comendo solta na cidade de Recife. E lá estou eu me preparando para ver o Mengão! Isso mesmo. Ver o Mengão! Não é rotina assistir mais do que 2 jogos do Flamengo em Pernambuco, porém este ano já no início temos uma oportunidade de ir ao estádio assistir o Mais Querido. Não era valendo 3 pontos, o horário não tão comum pra quem mora em Recife — 11h e logo no verão nordestino num sol daqueles –, mas a paixão pelo Flamengo fala mais alto e lá fui eu juntamente com meus 2 irmãos, filho e sobrinho, todos flamenguistas.

O jogo foi marcado para o Estádio do Arruda, não era a minha preferência pois gostaria que fosse na Arena Pernambuco. Chegando com antecedência, por volta das 10h, ingresso já comprado pela internet e me deparo com aquelas coisas que só acontecem no nosso país: tive que enfrentar uma fila para trocar o ingresso. O clima fora e dentro do estádio era tranqüilo e cordial com a torcida do Santa Cruz, vide foto:

 

Blogueiros da nação pernambuco rubenilson pequeno taça chico science

 

Mesmo com toda atmosfera que existe sobre ser torcedor do Flamengo em Recife, fruto da intolerância da mídia local e de alguns pernambucanos desequilibrados. Não é nada fácil torcer pelo Flamengo por aqui, mas a paixão pelo Mengão é muito maior.

Tudo bem, passado o sufoco entramos no Arruda 15 minutos antes do início do jogo, muitos flamenguistas nas arquibancadas, sol forte e sem aquela tensão normal de um jogo à vera, o prazer de encontrar amigos de redes sociais e o sentimento de alegria e satisfação de ver o time de perto é sempre o mesmo, estava estampado na face de todos.

A partida começa com o Flamengo dominando o jogo, o gol é uma questão de minutos e aos 22 numa infiltração, Willian Arão faz o seu primeiro gol como jogador do Flamengo. Festa da torcida e a expectativa de mais gols. Várias chances desperdiçadas, bola na trave e… aí… no final do 1º tempo, aos 43 minutos, aquele velho problema na nossa zaga, deram mole e o juizão marca um pênalti “Meio Mandrak” para o Santa Cruz. Grafite empata o jogo. Veio o 2º tempo e o Flamengo com o time reserva, o interesse pelo jogo diminuiu um pouco. Porém alguns aborrecimento com o time e os reservas conseguiram sofrer 2 gols dos reservas do Santa Cruz, melhor nem comentar, determinando uma derrota por 3 x 1. Termina o jogo, um forte calor, a saída é tranquila e pacífica, o resultado não foi o esperado pela torcida que desejava a vitória, mas a confiança de um 2016 melhor que 2015 continua.

Agora é esperar o Campeonato Brasileiro ou, quem sabe, a Copa do Brasil, para voltar a ver o nosso Flamengo vencer em terras pernambucanas. Saudações Rubro Negras!!

 

Rubenilson Pequeno

Recifense apaixonado pelo Flamengo.

 

 


Se você também acompanhou o Flamengo direto de alguma arquibancada pelo Brasil, mande seu texto contando a emoção de torcer pro Mengão e seja mais um Blogueiro da Nação! Email: [email protected]