Select Page

Hoje é dia: Leia Fábio Justino e solte o sorriso!

Hoje é dia: Leia Fábio Justino e solte o sorriso!

espirito santo

Watson Tannacka - Blogueiro da Nação, Espírito Santo

Hoje é dia! Como vários outros. Dia daqueles em que toda a ‘outra’ metade estará ligado e se desconjurando do que tende a acontecer! Você faz parte da metade que realmente interessa e temos certeza que estará realmente dentro do propósito!

Acorde nesse domingo, solte seu sorriso, cumprimente sua família, vista sua armadura e vá a luta! Vá com o queixo em riste, como já normalmente faz e exerça sua soberania Flamenga! Estaremos com você!

Leia esse poema do grande rubro-negro Fábio Justino, e reflita!

Assim é o Flamengo…

Domingo ensolarado no Rio de Janeiro remete a dois cenários tipicamente cariocas: Maracanã lotado e a torcida do Flamengo fazendo altas festas na
arquibancada. A previsão promete temperatura mínima de 19 graus e máxima de 33, fora do Gigante Mário Filho é claro, porque dentro dele tenho certeza que vamos passar dos 45.

A torcida do Flamengo é capaz de influenciar todo e qualquer fenômeno da natureza, provocamos ventos que fazem curvas, chuvas que prendem bola e tsunami de camisas rubro negras pelas ruas da cidade. O Flamengo por sua vez é capaz de alterar quadros clínicos, sensações e sentimentos. Tira nossa fome, nos causa ansiedade, provoca insônia, aumenta a serotonina, dopamina e adrenalina.

Não há como negar, somos acima do que as pesquisas divulgam, os livros registram e os olhos veem, ninguém subjuga nossa torcida. Atacam com medo do revide, respeitam as cores sagradas e sonham com a nossa extinção. Sonham, apenas sonham. Nós não somos dos que retrocedem, não olhamos para trás e somos filhos de uma pátria que jamais foge a luta, deste país chamado Flamengo e dessa nação que se auto denomina rubro negra.

Presidente do Flamengo não dá entrevista, faz pronunciamento. Flamengo não tem torcedor, tem seguidores. Nós não usamos camisas, vestimos o manto e para nós o manto é tudo. O manto que emana soberba, empáfia e pavor. O manto que mexe com o sentimento adversário, causando tremedeiras, intimidações e abatimentos, profundos abatimentos. Craques fazem a diferença e justificam nossa existência, porém foram derrotados por Zico e igualmente derrotados por Douglas Silva.

Mais fácil seria admitir o temos, mas não há como negar, apesar do medo eles saem de casa e com uma vista belíssima se posicionam no lado oposto da arquibancada. Puxam do fundo da alma cânticos que nós não ouvimos, gritos que não intimidam e coreografias que a tv não mostra. E assim nossa supremacia se agiganta e nossos jogadores se multiplicam, ora parecem 11, daqui a pouco 60 mil e quando menos se espera… 40 milhões, 40 milhões de pretos favelados, desdentados e sem dinheiro para trabalhar na segunda feira ou brancos e ricos com salários que desbancam os artistas do espetáculo.

Religião para os mais fanáticos, razão de existir da maior torcida do mundo e senhor das pluralidades, assim é o Flamengo. Acima das pesquisas, do retrospecto e da esperança que o adversário eternamente alimenta. Não há como contar com os numeros, não há como contar com a sorte, Flamengo é essa gente toda que sofre, luta, acredita e nem teme, quem te adora, a própria morte.

Fábio Justino

About The Author

ANÚNCIO

PRINCIPAIS POSTS

Apoio

ANÚNCIO

TV MRN

Loading...

Assine nossa Newsletter

ANÚNCIO

Ajude o Mengão!

Banner_300X300

ANÚNCIO

Siga-nos no Twitter

%d blogueiros gostam disto: