O colombiano Orlando Berrío entrou meio descalibrado. Usou muita força nos passes e desperdiçou um contra-ataque numa virada de bola muito mal feita. Mas mostrou estrela: na sua primeira finalização como jogador do Flamengo — e única no jogo — marcou, de cabeça, o gol que decretou a vitória por 2×0 contra o Grêmio na estreia do Primeira Liga, em Brasília.

Dominante desde o início contra um time totalmente reserva do Grêmio, o Flamengo abriu o placar no fim do primeiro tempo. Após bela jogada de Diego, o peruano Miguel Trauco deu mais uma assistência – a sua quarta em quatro jogos – e Éverton chutou de primeira para vencer o goleiro Bruno Grassi.

No segundo tempo, o Flamengo levou alguns sustos. Em chutes de fora da área, Bolaños e Everton levaram perigo, mas Muralha fez duas boas defesas.

Berrío entrou no lugar de Mancuello e definiu o placar. Após cobrança de escanteio de Diego, Guerrero cabeceou para defesa de Bruno Grassi. No rebote, o colombiano empurrou de cabeça para as redes.

– Estou muito contente com a estreia de hoje, essa camisa representa muito. Jogar para essa torcida é muito motivante, vou sempre entrar em campo e dar o meu máximo – disse Berrío.


Com a vitória, o Flamengo assumiu a liderança do grupo B, já que América-MG e Ceará empataram em 0x0 na estreia. Os dois primeiros colocados de cada grupo se classificam para as semifinais.

O Flamengo volta a campo no próximo domingo contra o Botafogo, pelo Campeonato Carioca. Já pela Primeira Liga o próximo duelo será contra o América-MG, na quinta-feira da semana que vem, também no Distrito Federal – só que no estádio Bezerrão, do Gama, com capacidade para cerca de 20 mil pagantes.