O presidente Eduardo Bandeira de Mello participou hoje do anúncio do patrocínio da Orthopride para a base, e voltou a se pronunciar sobre a indefinição do destino do Maracanã. Ontem, o governador Luiz Fernando Pezão descartou a possibilidade de que o estádio seja municipalizado, como deseja o prefeito Marcelo Crivella, e garantiu que o destino do complexo será definido ainda este mês. Veja o que Bandeira falou sobre o assunto:

Transferência do controle

Essa realmente talvez seja nossa principal contratação que a gente não sabe se vai conseguir concretizar. O Maracanã é o sonho de todos os rubro-negros, todo rubro-negro entende que o Maraca é nosso, não que venha a ser nossa propriedade, mas existe uma identidade muito grande do Flamengo com o Maracanã e do Maracanã com o Flamengo, de 66 anos. Nós estamos extremamente empenhados em conseguir uma solução boa para a torcida e para o clube sobre o Maracanã. Existia a possibilidade de se fazer uma nova licitação, que nesse momento está descartada pelo governo estadual. O que está em jogo seria uma transferência do controle da concessão da Odebrecht para um dos grupos interessados. Existe um grupo no qual o Flamengo confia, são parceiros que têm uma relação com o Flamengo e têm um entendimento muito bom conosco, que é aquele grupo formado pela CSM, pela GL, pela Amsterdam Arenas, e já temos também um entendimento assinado com o Fluminense. O outro grupo que está sendo colocado são empresas que o Flamengo não confia, já tivemos até tentativa de entendimento com eles, mas nós nos decepcionamos com os dirigentes dessas empresas, e não adianta você começar uma relação duradoura, que vai durar mais de 30 anos, se você não tem confiança nos seus parceiros. No caso desse grupo vir a assumir o Maracanã, eles vão ter que encontrar uma outra solução para viabilizar o estádio que não seja o Flamengo. O Flamengo acha que tem plenas condições de resolver a situação do Maracanã, com uma solução que seja boa para o contribuinte do estado do Rio de Janeiro, que está sendo tão onerado, o Flamengo tem consciência de que ele consegue administrar o Maracanã junto com seus parceiros sem que o estado precise desembolsar nem um centavo seja para a operação, seja para a manutenção. Se outro grupo conseguir a mesma coisa sem o Flamengo, parabéns, nós vamos buscar outras soluções.

Possibilidade de municipalização

Durante a campanha o agora prefeito Marcelo Crivella sinalizou que se ele conseguisse assumir o Maracanã como poder público concedente, ele até falou que o Maracanã tem que ser da nação, ele viabilizaria essa solução do Flamengo, junto com o Fluminense, com seus parceiros, assumir o Maracanã. Durante a posse, isso foi colocado, um decreto criando um grupo para estudar a transferência para o âmbito municipal do Maracanã. Mas já soubemos que o governador Pezão descartou, dado que o Maracanã está entregue a uma concessionária. O governo do estado prefere que as tratativas continuem como estavam, então vamos torcer para tudo dar certo e para que a gente possa brevemente jogar na nossa casa que é o Maracanã.

Diálogo com a Odebrecht

O Flamengo participa sim das negociações com a Odebrecht. O grupo de parceiros do Flamengo opera numa harmonia muito grande, nós com a CSM, com a GL participamos praticamente de todas as negociações e temos conversado permanentemente com os interlocutores da Odebrecht, para que eles possam levar em consideração toda essa série de fatores e possam tomar a melhor decisão para todo mundo, que eu imagino que seja optar pelo Flamengo e seus parceiros.

Chance de jogar no estádio na Libertadores

Não depende da gente. Essa decisão até onde eu sei pode ser tomada hoje ainda. Pode levar um mês, dois meses, mas se for tomada agora, não vejo porque na estreia do Flamengo na Libertadores a gente possa jogar no Maracanã. Mas se não tiver Maracanã na Libertadores, nós vamos jogar na Ilha.

 
O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.