novaquebraatuações

 

 

 

Em partida da Décima Oitava rodada do Brasileirão, o Flamengo enfrentou o Santos em Cuiabá. Num jogo dominado pelo Rubro-Negro, o empate em 0 a 0 deixou um gosto amargo, mas com uma ponta de esperança pela apresentação da equipe. Veja a seguir as notas das atuações dos jogadores.


Alex – Fechou o gol quando exigido e ainda demonstrou frieza e consciência na bola com os pés. NOTA 7,5

Pará – Muito perigoso no ataque, lúcido na defesa. O lateral segue fazendo boas atuações. Hoje deu uma pequena bobeada e o Santos quase abriu o placar. NOTA 7

Réver – Voltou ao seu melhor estilo e deu boa consistência à defesa pelo lado direito. Ótimo na bola aérea, hoje não teve chances no ataque, mas foi efetivo quando pôde na bola aérea defensiva. NOTA 7

Rafael Vaz – Insistiu nos lançamentos, mas menos do que havia feito na última partida. Se portando como um xerife na zaga do Fla, não tem medo de dar chutão ou de tentar lances arriscados. Numa dessas tentativas, achou Everton em ótimas condições para marcar e o camisa 22 desperdiçou. NOTA 7,5

Chiquinho – Com a promessa das investidas do Santos pelos lados, começou subindo pouco e até comprometendo ofensivamente o time que usava apenas o lado direito para atacar. No final do primeiro tempo e durante todo segundo, foi mais efetivo e ajudou o time a criar jogadas pela esquerda com Everton próximo a ele. Mas sua limitação técnica ficou clara em várias jogadas e o camisa 30 não tem condições de ser titular. NOTA 6

Márcio Araújo – Após um pico de boas atuações, o volante não vem jogando bem e hoje cometeu erros bobos em momentos e lugares perigosos. Numa saída de bola sob pressão, Márcio errou e contou com a sorte para o Fla não tomar gol do Santos. Ocupa bem os espaços, mas isso ainda é pouco para sua posição e função em campo. Segue invertendo sua função com Arão para tentar jogadas ofensivas e não foi tão ruim. NOTA 6,5

Arão – Dono do meio campo do Mengão, o capitão jogou muito bem novamente. No auge do seu momento no time, William é peça fundamental em qualquer que seja a forma do time atuar. Incisivo na defesa e perigoso no ataque, nosso segundo volante não se esconde do jogo. NOTA 8

Marcelo Cirino – Com um começo de partida avassalador, Cirino parecia estar em vários lugares ao mesmo tempo. Chegava com perigo na frente e voltava rapidamente para cobrir seu espaço na defesa. Bom demais para ser verdade, o atacante sentiu uma lesão na parte posterior da coxa esquerda e deu lugar a Fernandinho. Em forma e com a cabeça boa, tem plenas condições de ser um grande atacante, já que ainda é um jovem. NOTA 7

Alan Patrick – Apareceu mais para o jogo e foi importante na distribuição no meio. Sem Mancuello do seu lado, o meia tomou o controle das jogadas no meio e deu bons passes para lances de gol. Parece jogar mais a vontade quando não tem outro jogador com características semelhantes à sua por perto. NOTA 6,5

Everton – Mesmo com um companheiro na lateral não tão bom quanto Jorge, ele tentou tudo que pôde no seu lado do campo para criar jogadas de ataque. Além disso, fez o apoio na defesa com firmeza e consciência tática. NOTA 6,5

Guerrero – Mais uma atuação em alto nível do atacante. Com sua movimentação característica e o perigo de sempre nas finalizações, o peruano levou perigo ao gol de Vanderlei várias vezes e por sorte adversária e competência do goleiro a bola não entrou. Segue num momento excepcional no time. NOTA 8

Fernandinho – Entrou no lugar de Cirino e não deu sequência ao que o titular vinha fazendo em campo. Embora contribuindo sempre na defesa, não conseguiu criar nada de importante no ataque e quando teve a chance, falhou de forma bizarra. Em um time que almeja chegar no topo de uma competição desse nível, não pode ser nem parte do elenco. NOTA 5

Mancuello – Substituiu o cansado Alan Patrick e o meio continuou dinâmico. Com muita habilidade e passe de qualidade o argentino ainda acertou o travessão numa bonita finalização de esquerda. NOTA 7,5

Adryan – Pela qualidade dos titulares, não pode ser reserva. Claramente melhor do que os atacantes de lado que o time tem, o jovem apresenta muita qualidade, velocidade e inteligência. No finalzinho deu um passe açucarado para Mancuello finalizar e Vanderlei salvar. NOTA 7,5

 

E aí? Curtiu as notas? Comente no nosso site ou em nossas redes sociais. É muito importante para nós.

SRN,


Raony Furtado

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!