Notas

Após a eliminação na Sul-Americana, o Flamengo foi até o Morumbi enfrentar o São Paulo e não conseguiu tirar o zero do placar. As equipes perderam muitas chances e não foram efetivas no ataque. Veja a seguir as notas das atuações dos jogadores.


Alex Muralha – Não trabalhou muito, mas salvou o time quando foi preciso, fazendo defesa de goleiro de seleção. Com os pés passou confiança ao sair com toques precisos e lançamentos longos na hora do aperto. NOTA 8

Rodinei – Voltou muito bem em termos ofensivos, mas sentiu a falta de entrosamento na defesa. Em forma fisicamente, correu o jogo inteiro e mostrou que o Flamengo tem dois bons laterais pela direita. NOTA 7

Réver – Enfrentou dificuldades com jogadores velozes caindo pelo seu lado, mas conteve a maioria das jogadas. Segue liderando o grupo e com forte comando no time como um todo. NOTA 7

Rafael Vaz – Insistiu demais em lançamentos longos quando o time ainda estava em projeção ao ataque. Não deixou de cortar bolas perigosas e mais uma vez não hesitou em jogar feio para afastar o perigo. Em lance de ataque do São Paulo, não conseguiu cortar de carrinho e o atacante adversário ficou de frente pra Muralha, mas o nosso goleiro defendeu o chute. NOTA 6,5


Jorge – Grande atuação defensiva e com boas chegadas no ataque. Sempre dinâmico, fez infiltrações por dentro e quase deixou o seu. Vive grande momento no time. NOTA 7

Márcio Araújo – Viveu uma gangorra durante o jogo. Alternou momentos de desarmes e saídas de qualidade e situações em que tentava algo mais e errava em setores onde o erro não pode ocorrer. Não passa a segurança desejada ao time, mas parece ser o melhor para o time na posição nesse momento. NOTA 6,5

Willian Arão – Sempre caindo pela direita, o camisa 5 se ofereceu pouco ao ataque. Pela dinâmica ofensiva do adversário, ficou mais preso a frente dos zagueiros e foi importante no sistema defensivo. Aos poucos está se recuperando e voltando a jogar bem. NOTA 7

Diego – Foi o primeiro jogo ruim do camisa 35 com a camisa do Flamengo. Não conseguiu fazer o time jogar. Errou muito, até mesmo em lances de bola parada. Cobrou mal todas as faltas e escanteios. NOTA 5,5

Everton – Também não foi bem. Foi importante na marcação, mas completamente nulo no ataque. O lado esquerdo melhorou com a entrada de Fernandinho no lugar do camisa 22. NOTA 5

 Gabriel – Indiferente do restante do time, também não produziu nada ofensivamente. Não se deu bem com Rodinei e ficou nítido o desentrosamento. NOTA 5
Guerrero – Fez bons pivôs e teve 2 chances de finalizar em cruzamentos laterais, mas em ambas situações, não concluiu bem. Teve que sair por desgaste físico. NOTA 5,5

Fernandinho – Entrou da mesma forma que tem entrado em todos os jogos. Com confiança, não tem medo de arriscar um drible, uma jogada individual. Produziu mais que os titulares. NOTA 6,5

Leandro Damião – Teve a bola do jogo pra dar os 3 pontos ao Flamengo e a liderança provisória, mas cabeceou em cima de Denis e perdeu a melhor chance do Mengão no jogo. Ainda tomou amarelo no lance e desfalca o Fla na próxima rodada. NOTA 5

Alan Patrick – Entrou, deu alguns toques na bola e distribuiu bem o jogo. Porém sem participação suficiente no jogo para ganhar nota. SEM NOTA