Na próxima quarta-feira (7), às 19h30, o Flamengo terá pela frente o Grêmio, em sua estreia na Primeira Liga, no Estádio Mané Garrincha. Para apitar a partida, a ANAF escalou o árbitro Bráulio da Silva Machado (ASP-FIFA) e os auxiliares Kleber Lucio Gil e Carlos Berkenbrock – todos de Santa Catarina.

Mesmo sendo eleito o segundo melhor árbitro das séries A e B do Campeonato Brasileiro 2016, o catarinense não conseguiu escapar das polêmicas. No ano passado, o presidente do Atlético Paranaense ficou na bronca com Bráulio, após derrota em jogo contra o Atlético Mineiro, na 21ª rodada do Brasileirão. Na ocasião, o árbitro marcou um pênalti duvidoso para o clube mineiro e deixou de marcar um a favor do Atlético PR.

Histórico em jogos do Flamengo

Em partidas do Mais Querido, é apenas a quinta vez que Bráulio da Silva Machado fica responsável pelo apito. Nestes, ele aplicou 14 cartões – 9 contra o Flamengo –, sua média geral é de 5 cartões por jogo.

O confronto entre Flamengo x Grêmio, na quarta-feira, não é o primeiro apitado pelo catarinense. Em 2015, o árbitro esteve presente na vitória do Tricolor Gaúcho sobre Rubro-Negro (2 a 0), em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro – O auxiliar Carlos Berkenbrock também esteve neste jogo. Na ocasião, Guerrero foi expulso, após fazer gestos irônicos para o árbitro – reclamando de uma falta marcada contra o Flamengo.

Paolo Guerrero sendo expulso pelo árbitro Braulio da Silva Machado. Foto: Ricardo Rimoli/Lance!Press

Paolo Guerrero sendo expulso pelo árbitro Braulio da Silva Machado.
Foto: Ricardo Rimoli/Lance!Press

Polêmica no ano passado

Sua última atuação em uma partida do Mengão foi no empate por 2 a 2 contra o Atlético Mineiro, em Minas Gerais, na 33ª rodada do Brasileirão 2016. Em um jogo onde ambas as equipes buscavam diminuir a distância para o líder Palmeiras, o presidente Eduardo Bandeira de Mello não ficou nada satisfeito com a atuação do árbitro.


– O resultado foi excelente para o Palmeiras como todos os resultados têm sido excelentes para o Palmeiras. Quero dizer exatamente o que eu falei, sem armadilhas – afirmou à época.

O principal motivo da insatisfação foi uma falta do venezuelano Otero no volante Márcio Araújo. Como a infração não foi marcada, o Atlético ganhou um arremesso lateral que, após a cobrança, resultou no pênalti de Réver em Fred. Na cobrança, Robinho converteu.

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Atlético Mineiro x Flamengo, 33ª rodada. Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Scout do juíz em jogos do Fla

Vitórias: 2

Empates: 1

Derrotas: 1

 

O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outra forma de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.