O volante Willian Arão, um dos destaques do Flamengo na temporada, que ganhou a Bola de Prata como melhor da posição no Campeonato Brasileiro e acabou de ter o contrato renovado até o fim de 2019, defendeu o colega de equipe Márcio Araújo, que acabou de ter o contrato renovado por um ano apesar de ser contestado por boa parte da torcida.

– O esquema do professor Muricy, no início do ano, me deu liberdade, depois com o Zé, que deu continuidade. Ele ajeitou algumas coisas, corrigiu outras. Foi fundamental. A minha dupla que mais jogou comigo, o Márcio Araújo, também encaixou muito bem. Com o Cuéllar vinha bem, mas encaixou mais com o Márcio – disse o volante em entrevista ao Globoesporte.com.

Arão encheu o companheiro de meio-campo de elogios:

– Márcio é um cara muito tranquilo. Posso falar bem dele por ser amigo particular, estamos quase todo dia juntos. Sabemos que algumas pessoas não gostam do futebol dele, mas com todos os jogadores existe isso. Certamente alguns não gostam de mim, outros do Muralha… Márcio sabe da importância que tem para o time, da liderança dele apesar de não falar muito, tem postura muito firme. Sabemos que não vamos agradar a todos, mas temos que seguir com nosso trabalho.