Primeiro reforço anunciado pelo Flamengo para a temporada 2017, o lateral-esquerdo peruano Miguel Trauco foi apresentado oficialmente pela diretoria rubro-negra hoje na sala de imprensa jornalista Victorino Chermont, no Ninho do Urubu. O clube realizou uma ação com sócios-torcedores, que puderam conhecer o Ninho e assistir à coletiva.

Trauco esteve ontem na reapresentação do elenco na nova estrutura do futebol profissional no CT George Helal, onde conheceu seus novos companheiros de equipe e passou por exames médicos. O contrato do jogador de 24 anos com o Flamengo terá validade por três temporadas.

– Sei do tamanho deste clube, é muito grande, por isso que eu decidi vir para cá. Porque é uma vitrine muito grande que eu pretendo aproveitar. No Peru sabemos que o Flamengo não é grande só no Brasil, é um grande da América do Sul – disse o jogador – É a primeira vez que jogo fora do meu país, é um desafio. A adaptaçao creio que vai ser rápida, porque tem vários sul-americanos aqui, e me entendo muito bem com o Paolo (Guerrero), e o idioma é parecido

Presente à coletiva, o diretor de Futebol, Rodrigo Caetano, explicou como o clube chegou à contratação de Trauco:

– Quando você busca um jogador para um determinado posto, você busca características e também a questão negocial. Ele teve propostas, inclusive do América do México, clubes com um potencial financeiro nesse momento maior do que o nosso. E desde que ele foi consultado a primeira vez ele disse que ia esperar a posição do Flamengo, porque o interesse dele era jogar no Flamengo. O Zé Ricardo falou duas vezes com o Gareca (técnico da seleção peruana), e o Gareca avalizou na hora. O Gareca passou no Palmeiras, tem uma noção de como é o futebol brasileiro. E aqui pro Paolo da mesma forma. Foi um conjunto, questão técnica, questão comportamental, questão negocial que fez que a gente entendesse que valia a pena trazer ele pra cá – afirmou Caetano.


A Fla TV publicou onterm um vídeo com os primeiros treinamentos de Trauco Na coletiva, ele elogiou o Ninho do Urubu.


-O CT é muito bom, dá uma tranquilidade ao jogador e isso facilita para que só pensemos em jogar – disse Trauco.

Miguel Trauco foi o grande destaque do Universitario de Lima, terceiro colocado na Liga Peruana na última temporada e, inclusive, recebeu da federação de seu país e do jornal uruguaio “El País”, o prêmio de melhor jogador do Peru, fato extremamente raro para um lateral-esquerdo.

Com um bom poder de marcação, Trauco encerrou a temporada jogando como volante. A volatilidade do atleta pode ajudá-lo a se adaptar rapidamente e conseguir uma vaga no time titular sem precisar barrar Jorge, melhor lateral-esquerdo do último Campeonato Brasileiro.

Miguel Angel Trauco Saavedra é natural de Tarapoto e iniciou a carreira profissional em 2011 no Unión Comercio, antes já havia passado pelo Unión Tarapoto, clube de sua cidade natal. Em 2014 o lateral-esquerdo foi convocado pela seleção ou peruana pela primeira vez e já soma 12 partidas defendendo o seu país.

O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.