Na Arena Corinthians, em Itaquera, o Mais Querido do Brasil enfrentou o Corinthians em jogo válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Fazendo um bom primeiro tempo, o Flamengo foi melhor e criou mais oportunidades, mas não soube aproveitar. Na segunda etapa, o Corinthians voltou com uma postura mais ofensiva e aplicou uma goleada sobre o rubro-negro, 4 a 0.

Primeiro Tempo

Os donos da casa deram a saída de bola e o primeiro susto veio com Marquinhos Gabriel, após chegada pela esquerda e cruzamento rasteiro. Na sequência, a defesa rubro-negra bloqueou e mandou para escanteio. O Flamengo respondeu com Willian Arão, o meia chutou da intermediária mas a bola subiu demais.

O Corinthians chegou mais uma vez com perigo pelo lado esquerdo com a dupla Giovanni Augusto e Uendel. A zaga do Flamengo, muito bem no começo do jogo, afastou o perigo. Buscando espaço pelas laterais, as duas equipes chegavam bem e exigiam bastante das duas defesas. Jogando no erro do adversário, o Flamengo explorava os contra-ataques e chegou com Ederson. O meia chutou de fora da área, a bola desviou e foi para escanteio. Na cobrança, a defesa afastou, a bola sobrou para Rafael Vaz e o zagueiro chutou com perigo exigindo boa defesa de Cássio. O goleiro deu rebote e a bola sobrou para Marcelo Cirino, que em posição ilegal tentou o passe para Guerrero, mas Cássio fez outra boa defesa e evitou o gol.

O Flamengo começou muito bem e impôs seu jogo, não deixando o Corinthians chegar com tanta intensidade. O primeiro trabalho que Muralha teve foi aos 24′ minutos, após chute de Luciano, que o goleiro espalmou.

Aos 31′, Ederson fez boa jogada, penetrou na área corintiana e chutou cruzado. A bola bateu na trave, sobrou para Marcelo Cirino mas o atacante se atrapalhou. Na sequência, Willian Arão chutou por cima.


O Corinthians tentou responder após jogada de Uendel com Romero. O paraguaio chutou mas foi travado na hora certa e a bola sobrou para Muralha, que fez a defesa com tranquilidade. O Flamengo seguia melhor na partida e chegou mais uma vez com perigo pela direita. Alan Patrick encontrou Willian Arão livre e o capitão mandou pra área, a zaga corintiana tirou e cedeu escanteio ao rubro-negro.

Aos 41′, após escanteio e chance desperdiçada para o Corinthians, o Flamengo recuperou a bola com Ederson e foi duramente desarmado por Fagner. O árbitro marcou apenas escanteio. Após muita reclamação no lance, o técnico Zé Ricardo foi expulso.

A última chance do primeiro tempo foi do Corinthians. Ederson cometeu falta e levou cartão amarelo. Na cobrança, Rodrigunho cobrou mal e a defesa afastou. Foi um bom jogo no primeiro tempo e, apesar do placar zerado, as duas equipes mostraram um bom futebol e esbarraram na eficiência das defesas.

Segundo Tempo

As duas equipes voltaram para a segunda etapa sem alterações. Os técnicos gostaram do que viram no primeiro tempo. Jogo muito faltoso nos minutos iniciais e sem lances de perigo.

Aos 9′, após outra jogada dura entre Fagner e Ederson, o meia rubro-negro sentiu o tornozelo e pediu substituição. O auxiliar Jayme de Almeida colocou Everton no lugar do camisa 10.

A primeira chegada de perigo foi do Flamengo. Willian Arão tabelou com Guerrero e executou um belo chute, obrigando Cássio a fazer uma defesa difícil, mandando para escanteio. Na sequência, o Corinthians partiu em contra-ataque e Bruno Henrique foi parado com falta. Na cobrança, Rodrigunho escorregou mas a bola foi com muito efeito e Muralha espalmou. Na cobrança de escanteio, Balbuena cabeceou, a bola desviou em Jorge e sobrou para Romero abrir o placar para o alvinegro.

Após o gol, o Corinthians se fechou e o Flamengo trocou passes sem muitas saídas de ataque.

Aos 22′, Cirino foi substituído por Thiago Santos; pelo Corinthians, saiu Luciano para a entrada de Guilherme.

No primeiro lance de Guilherme, o camisa 10 cometeu falta em Everton e levou cartão amarelo. Na cobrança da falta, Alan Patrick mandou nas mãos do goleiro.

O Flamengo não conseguia repetir a boa atuação que fez no primeiro tempo e após o gol cometeu inúmeros erros. Após saída errada e falha de Jorge, Romero arrancou e passou para Guilherme chutar no contrapé de Muralha, ampliando o placar. Logo em seguida veio o terceiro gol. Romero chutou e Muralha espalmou, mas na sequência Rildo aproveitou o rebote e marcou para o Corinthians.

Cristóvão fez a última substituição: saiu Marquinhos Gabriel e entrou o jovem Maycon. O Flamengo ficou perdido na partida e não obteve poder de reação. Guerrero e Pedro Henrique se estranharam e ambos receberam cartão amarelo. Foi o terceiro de Guerrero e o mesmo não enfrentará  o Atlético Mineiro no próximo domingo, em Brasília.

O Corinthians não parou e foi pra cima mais uma vez. Rodrigunho arrancou pelo meio e deixou Romero na cara do gol para marcar o quarto. O árbitro Heber Roberto Lopes deu dois minutos de acréscimo e o Corinthians apenas trocou passe esperando o apito final.

Com a derrota, o Flamengo cai pra 7° e segue com 20 pontos; já o Corinthians encosta no Palmeiras e divide a liderança com o rival, somando 25 pontos. O próximo desafio do Mais Querido do Brasil é no próximo domingo, diante do Atlético Mineiro em Brasília, às 11h.

Escalações

Flamengo: Alex Muralha, Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Ederson (Éverton), Alan Patrick e Marcelo Cirino (Thiago Santos); Paolo Guerrero.

Corinthians: Cássio, Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Uendel; Bruno Henrique, Rodrigunho, Giovanni Augusto (Rildo) e Marquinhos Gabriel(Maycon); Romero e Luciano (Guilherme).

Cartões amarelo

Flamengo: Ederson, Márcio Araújo e Guerrero

Corinthians: Guilherme e Pedro Henrique

Cartão vermelho: nenhum