O comentarista Washington Rodrigues, o Apolinho, da Rádio Tupi – ex-técnico e ex-dirigente do Flamengo- disse em seu programa na Rádio Tupi que a contratação de jogadores estrangeiros pelo Flamengo deveria ser investigada.

– Procurar lateral no Peru, o cara joga no Peru, cá entre nós, fala sério. O Brasil é cinco vezes campeão do mundo, duas vezes vice-campeão do mundo, participou de todas as Copas, vai procurar jogador nesses lugares? Isso aí é uma coisa que tinha que ser investigada, tinha que ser motivo de uma investigação mesmo, das autoridades do país, para procurar saber de onde brotou essa ideia, quem é que pariu esse porco-espinho. Virou o paraíso dos empresários, os empresários estão fazendo o diabo, tão trazendo esses caras e estão enfiando aqui, enfiando aqui, matando a nossa base. Quantos meninos no Flamengo você vê brotarem e aparecerem sem sequer terem oportunidade? Eu não tenho nada com isso, o Flamengo faz com o dinheiro dele o que bem entender, agora a gente não é otário, a gente não pode ficar balançando a cabeça que nem santo de igreja, que você bota moedinha e balança a cabeça – disse o comentarista.

Apolinho defendeu que o Flamengo juntasse Guerrero, Cuéllar, Mancuello e Donatti e dissesse “rá ré ri ró rua” para todos. Para ele, a presença dos estrangeiros tira espaço dos jogadores da base do Flamengo.

– Eu pegava Mancuello, Cuéllar, Guerrero, qual o nome do zagueiro que caiu sentado de bunda? Donatti. Esses caras todos “rá, ré, ri, ró, rua”. E pegava jogadores pratas da casa ou procuraria aqui mesmo no Brasil. Para cá só vem o rebotalho do rebotalho. De cada cem que vêm, só um é razoável. Razoável. Bom não tem nenhum. O Flamengo tem gente demais para botar para fora para fazer um time verdadeiramente competitivo. Toda hora traz um peruano, um equatoriano. Vá procurar o que fazer.

As declarações polêmicas podem ser ouvidas a partir dos 31 minutos da primeira hora do “Show do Apolinho” desta quarta-feira, disponível no site da Tupi.

As declarações

As declarações de Apolinho podem