Na noite da última quarta (21), o Flamengo/Marinha empatou com o Iranduba, na Arena da Amazônia. Era o jogo da volta, das quartas de final do Campeonato Brasileiro Feminino A1 2017 (o jogo de ida acabou 2-2). A equipe manauara acabou se classificando, pelo critério de gols fora de casa. E o Mengão, campeão do Brasileiro Feminino 2016, eliminado.

 

Números da campanha

16 Jogos – 8 Vitórias – 3 Empates – 5 Derrotas – 29 Gols Marcados – 17 Gols Sofridos – 24 Cartões Amarelos – 56,25% de Aproveitamento.

 

Jogos

24 atletas utilizadas, 8 delas são “novidades” em relação do Brasileiro Feminino do ano passado: Raquelzinha, Flávia, Raiza, Nathane, Renata Diniz, Fernanda Palermo, Dai e Maike;

Bárbara, Diany, Jane, Ju, Kaká e Raquelzinha foram as atletas que mais entraram em campo: 15 jogos cada;

Gols, Assistências e Cartões

 

11 atletas anotaram os 29 gols do Mengão na competição;

Bárbara foi a artilheira, com 6 gols;

Bárbara, Roberta Emilião e Rayanne foram as líderes no quesito assistências: 3 passes para gol.

 

Comparação – Brasileiro 2016 e Brasileiro 2017

Desempenhos – Mandante e Visitante

 

Gols Marcados

Ainda tivemos 5 dos 29 gols marcados, resultados de cobranças de penalidade máxima, e um por cobrança de falta.

 

Agradecimentos:

Site Mundo Rubro Negro

Apreciadores do Futebol Feminino

Tenentes Ricardo Abrantes e Celso Silva

 

Adriano Skrzypa é estudante de educação física e adora números.
Siga-o no Twitter: @FlamengoNumeros

Deixe seu comentário!


Este texto faz parte da plataforma de opinião MRN Blogs, portanto o conteúdo acima é de responsabilidade expressa de seu autor, assim como o uso de fontes e imagens de terceiros. O Mundo Rubro Negro respeita todas as opiniões contrárias. Nossa ideia é sempre promover o fórum sadio de ideias. Email: [email protected].

O Mundo Rubro Negro precisa do seu apoio para não acabar, e melhorar ainda mais. Contribua mensalmente com nosso trabalho. Clique aqui: bit.ly/ApoiadorMRN