blog ninhoda nação

Depois do belo jogo contra o Palmeiras o Flamengo arrumou espaço para elevar o nível de seu futebol.

Neste domingo o Rubro Negro fez uma das melhores atuações no campeonato brasileiro ao derrotar o Figueirense por 2 x 0 no Pacaembu lotado, e segue a um ponto da liderança.



Foi um amplo domínio. O time do Zé Ricardo chegou a ter mais de 70% de posse de bola e chutou 23 vezes ao gol. Foi uma posse de bola produtiva, de passes rápidos, pelos dois lados, e não apenas chuva de cruzamentos como se fosse a única alternativa.

O Figueirense entrou com muitos desfalques e o Flamengo tratou o adversário como deve ser: sem dar chance de respirar, os laterais abertos para abrir a defesa e pressionando a partida inteira.

Fez o primeiro gol e continuou em cima, fez o segundo e pressionava pelo terceiro, quarto, quinto. Pena o desempenho fraco dos atacantes. Guerrero precisa voltar logo. Damião é um ótimo reserva, mas a sequência de titular está quebrando o atacante.

Sem Márcio Araújo, Cuéllar ganhou a chance e não decepcionou. É inegável a melhor qualidade do passe e fica evidente o crescimento do Arão quando o colombiano está em campo. Há muito tempo o Arão não apoiava e participava das principais jogadas ofensivas como nesse domingo. Quando tem alguém mais fixo e um melhor marcador ali na entrada da área, ele pode apoiar mais no ataque.

Diego é reflexo da principal força da equipe: o elenco. Se ele fosse a única estrela, o único a brilhar, o Flamengo dificilmente seria um dos líderes.

Entretanto, Diego se transformou em mais um, mas sendo peça decisiva nesta engrenagem que vem dando muito certo.

A fórmula do Zé Ricardo não muda. Ele segue com seus dois jogadores abertos, depois troca um dos pontas, entra um meia no lugar do segundo ponta e se precisar troca o atacante, ou entra um segundo meia no lugar do Diego.

E continua rodando muito bem o elenco. Nos três últimos jogos, Allan Patrick entrou contra o Vitória, Palmeiras e Figueirense. Antes, Mancuello havia entrado contra o Grêmio, Chapecoense e Ponte Preta.

E como tem jogado o Allan Patrick, hein? Esconde a bola, valoriza o passe, desafoga o Diego como única fonte do meio de campo. Esse precisa ser seu papel.

O Flamengo segue evoluindo a cada partida e voando fisicamente. Agora tem um jogo duríssimo contra o Cruzeiro no domingo que vem, em casa.

De qualquer forma, o clube já abriu nove pontas do quinto colocado. Rumo ao hepta!

 

Siga @ninhodanacao

Leia mais em: ninhodanacao.blogspot.com

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!