Por Marcelo Bello Ribeiro (@OFlamenguixxxta)

Domingo esquisito, frio, um pingo de chuva aqui, outro ali…



Acordo cedo, vou abrir a lojinha para tentar faturar algum, enfim… Apenas mais um domingo normal de outono em Porto Alegre. Mas que baita CALÚNIA, tchê! Tem jogo do Flamengo, guri! Contra o Grêmio! Aqui!

Não! Não é um domingo normal!

Sou carioca, mas moro em Porto Alegre há 10 anos por conta de um sequestro. Sim! Fui sequestrado por uma gaúcha! E a verdade é que nesses 10 anos, torcer para o Flamengo contra os times locais tem sido tarefa de guerreiro (veja bem, eu disse guerre(i)ro, porque né? Enfim, deixa pra lá…).

Neste tempo todo, só vi o Mais Querido vencer na capital gaúcha uma vez (uma vez, cara!), contra o Internacional no ano passado, na estreia promissora do nosso atacante peruano, craque das peladas que não tem impedimento (cornetei… sim, sou desses!).

Cara, isso é muito triste! Vocês não sabem o que é ter três (TRÊS!) cunhados e sogro gremistas?! Na verdade, não é nada demais, porque mesmo com a nossa freguesia local, continuo zoando a gauchada tricolor e colorada (ou colorida, como queiram) sem dó nem piedade (e muitas vezes sem argumento mesmo).

Pra nós, aqui do Rio Grande do Sul, o Grêmio é tipo um Vasco que caiu menos vezes pra Série B (tá… eles foram campeões do mundo, mas na hora da zoeira a gente não lembra disso). O Internacional é um Fluminense melhorado que nunca caiu e que já ganhou Libertadores e Mundial (ok, o Inter não tem nada a ver com o Fluminense). E o Botafogo? Sei lá… é um Juventude sem torcida.

Torcida indo para a Arena (Foto: Marcelo Bello Ribeiro)

Torcida indo para a Arena (Foto: Marcelo Bello Ribeiro)

Bom, mas nada disso importa! É domingo, tem jogo do Flamengo em Porto Alegre e o espirito é de que “hoje vai”!
Fecho a lojinha, vou pra concentração da FLA-RS (melhor torcida do planeta, sem bairrismo, até porque aqui no RS ninguém é bairrista, né?), e lá já ficamos sabendo da escalação do time com Márcio Araújo e Gabriel…

[email protected]%#%%$%%%!!%%#%#@*&#&$&¨¨$

Cara! Quando a solução para “sairmos da crise” passa por Márcio Araújo e Gabriel… Senhor! Tá… deixa isso pra lá. O objetivo do texto não é procurar culpados ou “bananas”.

Vamos pro jogo… hoje vai! FLA-RS parte pra arena e lá começa a festa! Puxamos as músicas, gritamos, zoamos o Grêmio, cantamos parabéns pelos 15 anos sem títulos relevantes do tricolor gaúcho e dançamos até valsa na arquibancada… enfim, fazemos a nossa parte, como sempre!

Aí, começa o jogo…

Tensão, jogo esquisito no primeiro tempo, Grêmio com algumas chances… Flamengo daquele jeito meio barro, meio tijolo, e nada de gols…

Hoje vai!

No intervalo, aquela paradinha básica pra olhar o Twitter e na timeline percebe-se o mesmo sentimento bipolar de sempre: estamos mal mas estamos bem.

Voltamos para o segundo tempo! Hoje vai!

Foto Blogueiros

(Foto: Marcelo Bello Ribeiro)

Bom… vocês já sabem o que aconteceu. Bola cruzada na área, maluco gremista sobe mais sozinho do que botafoguense no Maracanã, gol da gauchada sem título há 1000 anos… blá blá blá.

Não, hoje não vai… mais um ano… 20 e poucos anos. Daqui a pouco eles que irão cantar parabéns pra gente.

E nosso “técnico” interino achou normal… normal? Tem sido frequente, mas normal é o @%$%@%%%@%%%@%@@! Vai comer teu peixinho “normal” na praia, fera!

Hora de ir pra casa. Esperamos uma eternidade pra sair do estádio, porque a torcida local, que gosta de chupar um canudo na espera de um líquido quente (calma, tô falando do chimarrão), tem que sair primeiro pra não dar problema…

Final de domingo… nada de programas esportivos. Aquela olhada no Twitter pra ver a repercussão do jogo na TL. Fico sabendo que apareci na TV pulando, xingando… cenas lamentáveis.

Hora de dormir… ou não! Bom, que se dane!

Ano que vem estaremos lá de novo!

Afinal, não tá morto quem peleia!

E onde estiver, estaremos!

Ano que vem, vai!


SRN!

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!