Perigo

O clima é horrível! Nem lembro quando foi a última vez em que o ambiente esteve tão hostil. Diante disso, é bom que a diretoria peça reforço no policiamento e contrate mais stewards para o jogo de quarta contra a Ponte. Se a coisa já está feia com Márcio Araújo e companhia, imagine se ainda tivermos que mandar os jogos em Volta Redonda.

Sem diálogo

Todo protesto é válido, desde que seja pacífico e não venha da Torcida Jovem do Flamengo. Durante a manifestação de sexta, um representante da organização (que de acordo com a Polícia Civil do Rio de Janeiro tem ligações com tráfico de drogas, homicídios e milícia) ameaçou fazer algo que tirasse o Flamengo da ilha caso não tivesse sua entrada liberada no CT para “conversar” com a diretoria. A situação é simples. A TJF, por determinação judicial, está suspensa por três anos e por isso foi justamente excluída do ST corporativo.

Oportunidade

Não sabemos quando Zé Ricardo cairá, mas tudo indica que não deve demorar muito. Abraçado a jogadores medíocres, Zé fica cada dia mais pressionado. Eu mesmo sempre acreditei em seu potencial, mas já desisti de esperar meritocracia em suas escalações. E, quando ele se for, o Flamengo não pode perder a chance de fazer uma limpa em sua comissão técnica, começando por Jayme. Recontratado mais por marketing social do que outra coisa, a figura decorativa iria embora sem ser o protagonista da história, o que abafaria outro discurso vitimista em sua despedida.

Queremos barca

Pouco após o melancólico empate na Ressacada, o Flamengo anunciou Rhodolfo, zagueiro de 30 anos. Seria leviano se falasse que a contratação é boa ou ruim. Não faço a menor ideia de como estava na Turquia e em qual condição chega ao clube, mas a verdade é que o reforço não animou quase ninguém. Rodrigo Caetano – pra mim, a pior peça do departamento de futebol – precisa negociar ou afastar meia dúzia de jogadores que não têm nível para jogar no Flamengo. O elenco principal conta agora com 36 (!) jogadores.

Ricci 2, o retorno

Aos 34’ do segundo tempo, o árbitro Paulo Schleich Vollkopf assinalou pênalti em uma ridícula simulação de Diego Tavares. Com ajuda externa ou não, o auxiliar alertou Vollkopf, que voltou atrás e marcou tiro livre indireto para o Flamengo. Assim como Sandro Meira Ricci no Fla x Flu do ano passado, corrigiu o erro. O problema é que o Flamengo, mais uma vez, passa por beneficiado apenas por não ser prejudicado. Ademais, após esse lance, a Ressacada, que estava em silêncio, se tornou um verdadeiro caldeirão.

Lei do Ex

Fiquei surpreso pela famosa Lei do Ex não ter funcionado ontem com Juan e Marquinhos. Depois do que aconteceu quarta, já esperava pelo pior. Pelo Flamengo, Thomás fez 39 jogos (1.412 minutos) e nenhum gol. Somando suas passagens por Siena, Ponte Preta, Seattle Sounders, JEC e Santa Cruz, eram apenas 5 gols em 118 partidas oficiais, mas quando a fase é ruim…

 
Imagem destacada no post e nas redes sociais: Fonte: http://ups-eventstewarding.blogspot.com.br/p/2.html

 
José Peralta é craque em cornetagem, mas é maneiro pacas. Toda segunda-feira suas peraltadas estão aqui, no Blog CRFlamenguismo.

 


Este texto faz parte da plataforma de opinião MRN Blogs, portanto o conteúdo acima é de responsabilidade expressa de seu autor, assim como o uso de fontes e imagens de terceiros. O Mundo Rubro Negro respeita todas as opiniões contrárias. Nossa ideia é sempre promover o fórum sadio de ideias. Email: [email protected].

Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outra forma de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.